Celulares do Estado de São Paulo poderão ter 10 dígitos



  

O Estado de São Paulo tem 45,5 milhões de celulares ativos. Esta quantidade é muito alta e gera uma falta de combinação de números. Por este motivo a Anatel, Agência Nacional de Telecomunicações, estuda uma proposta de alterar o sistema de numeração da telefonia no Estado. Poderão ser acrescentados até dois dígitos aos números de celular, que hoje tem oito dígitos.

A proposta já foi aprovada e será submetido à consulta pública. Tudo se deve ao crescimento do acesso a telefonia móvel no Brasil e a dificuldade em cancelar linhas pré-pagas inativas, o que resulta na falta de sequências numéricas disponíveis para novos usuários.





Os dados da Anatel mostram que somente em março, 2,3 milhões de celulares foram habilitados no Brasil, um crescimento de 1,32% em relação ao mês anterior. São Paulo é o segundo Estado em números de celulares, só perdendo para o Distrito Federal.

Por Mauro Tavares

Fonte: Uol Economia



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *