Microsoft Kin é um fracasso nas vendas



  

Nem tudo são rosas e, quando se fala do mercado de telefonia, o mar de rosas é ainda mais difícil de se navegar. Quem se espetou feio recentemente foi a Microsoft. O Kin, smartphone voltado para as redes sociais e com design de gosto duvidoso, se mostrou uma grande fracasso de vendas. Com apenas 9,7 mil unidades vendidas, em menos de seis semanas deixou de ser comercializado e fabricado pela Microsoft.





De acordo com a fabricante, o Kin gerou 240 milhões de dólares de prejuízo. Nada de mais, ainda mais para uma empresa que anunciou um lucro trimestral de 4,52 bilhões de dólares. Porém, com lucro ou não, o fato é que o Kin foi um dos maiores fiascos da história da telefonia móvel.

Por Camila Porto de Camargo



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *