Microsoft e Nokia – Parceria estratégica visa a complementação de suas atividades



  

Está cada vez mais comum duas ou mais empresas selarem acordos para aumentarem suas forças, individualmente ou como um todo. Essa tendência tem se mostrado cada vez mais evidente, dando a entender que num futuro não muito distante poucas serão as companhias líderes de mercado, mas capazes de atender a sociedade mundial.

Há poucos dias, Microsoft e Nokia anunciaram planos para a criação de uma parceria mundial estratégica, que possibilitará, assim, a complementação de suas atividades. Alguns pontos fixados, em comum, compreendem a adoção, pela empresa de telefonia, do Windows Phone como principal tática no ramo de smartphones.

Ao compreender o aparelho em suas atividades, a Nokia pode vir a desenvolver suporte em várias línguas por meio de um valor acessível aos consumidores finais do Windows Phone. O Bing, buscador da Microsoft, viria a se tornar um dos serviços da Nokia.





Além desses pontos acima descritos existe uma lista de pretensões ainda maior. Empresários dos dois lados mostram-se otimistas quanto ao futuro e enxergam tal parceria como algo sem concorrentes. É importante se ater ao mercado, pois na ocasião do anúncio as ações da Nokia cederam mais de 10%. Vale destacar que essa idealização tem por finalidade fazer frente à união entre a Apple e a Google.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Nokia



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *