Ranking de empresas de celulares que mais receberam reclamações em 2012



  

Foi divulgada nesta terça-feira, dia 7 de maio, o resultado da pesquisa feita pelo PROCON, por meio da qual foram apuradas quais as empresas fabricantes de celulares e smartphones que mais receberam reclamações no ano de 2012.

A Motorola foi a primeira colocada, contando com 788 reclamações. Destas reclamações, o índice de solução foi apurado em 53%.

Em segundo e terceiro lugares ficaram a Nokia, com 624 reclamações e 66% de soluções e a Samsung, com 567 reclamações e 95% de soluções.

As colocações na lista divulgada contam também com a LG (391 reclamações), Sony (146 reclamações), Huawei (117 reclamações), ZTE (114 reclamações), Apple (66 reclamações), Multilaser (48 reclamações) e Digibras – CCE (44 reclamações).





Segundo o Órgão de Proteção e Defesa do Consumidor, os celulares apresentam vícios de qualidade, com falhas de funcionamento e ainda, durabilidade abaixo das expectativas dos consumidores. O suporte oferecido para o pós-venda também é insatisfatório.

Segundo Paulo Arthur Góes, diretor executivo da Fundação Procon-SP, as empresas adotam no Brasil políticas de pós-venda muito inferiores às aplicadas em outros países. Para ele, “se em determinados países trocar um celular com defeito é algo muito simples, aqui o consumidor precisa muitas vezes recorrer a um órgão público como o Procon ou até mesmo ao Poder Judiciário".

Por Leni do Vale



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *