Como usar os pontos de wi-fi grátis em São Paulo



  

Os Paulistanos e os moradores do estado de São Paulo podem desfrutar de pontos de WIFI em locais estratégicos. Com uma boa velocidade e um sinal agradável, a novidade se torna um ponto positivo, poupando assim o pacote de dados de operadoras de telefonia. Tantos projetos da Prefeitura paulista quanto do Governo Paulista trazem as conexões sem fio mais perto dos cidadãos.

O Programa WiFi Livre São Paulo é uma iniciativa da prefeitura para os cidadãos ficarem cada vez mais conectados. O mais legal de tudo isto é que não precisa de quaisquer tipo de cadastro. É só chegar, acessar e usufruir de um serviço municipal.

Tudo isso de graça, o que se torna mais vantajoso. A velocidade pode não agradar muitos, pois é de apenas 512 kbits/s, mas cumpre o que propõe. Uma conexão alternativa para acessar páginas da internet mais rápido do que conexões móveis.

Porém, em alguns lugares a velocidade chega próximo à 1 megabit por segundo, como é o caso do Pátio do Colégio e na Praça Benedito Calixto. As redes operam com até 60% de toda a capacidade.

Mas não são somente os da capital que podem aproveitar esta comodidade da era moderna. O programa Acessa São Paulo, uma iniciativa do governo estadual. São 99 pontos de acesso e 282 unidades em implantação. O Acessa São Paulo permite ao usuário que quiser usar o serviço é necessário realizar um cadastro e o tempo limite é de 30 minutos.





Segundo o programa, os usuários não podem realizar acesso a sites pornográficos. Isto coloca em desvantagem com o Wifi Livre São Paulo, por que o municipal permite acesso livre. Já o estadual limita quem quiser acessar, por um tempo determinado e ainda obriga ao cidadão fazer o cadastro.

A velocidade do Acessa São Paulo também é uma desvantagem, chegando a velocidade de 370 kbit/s contra mais de 500 do Wifi Livre São Paulo.

Por Leandro de Souza

Foto: divulgação



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *