Quanto gastar na compra de um smartphone?



  

Grande parte dos consumidores de telefonia celular busca um aparelho que atenda às suas utilidades, porém que caiba dentro de seu orçamento. É abismal a diferença entre preços de aparelhos celulares dentro de uma mesma marca, porém vale lembrar que os smartphones vieram para substituir os simples aparelhos móveis de fazer ligações por máquinas que são computadores compactos.

Existem grandes empresas que dominam o mercado hoje, inclusive com uma competição de mercado claramente declarada. Por exemplo, a Apple, marca internacionalmente conhecida por produzir o iPhone, é responsável pelo suprimento de grande parte do público com seus aparelhos, porém tem um histórico de sempre manter um padrão alto de qualidade em seus aparelhos. Dessa forma, diferentemente de suas concorrentes Samsung e Nokia (recentemente comprada pela Microsoft) a marca possui apenas aparelhos top de linha disponíveis, sendo que, no Brasil, o seu aparelho mais “básico” produzido é o iPhone 5C, que custa mais de mil reais. Ou seja, a Apple não está interessada em ganhar o mercado de classes sociais mais baixas, mas sim de manter a qualidade de seus produtos.

Por outro lado, a Samsung possui aparelhos bem básicos, como o Galaxy Pocket, que concorre com o Nokia Lumia 530, por exemplo. Esses aparelhos certamente foram projetados para atender àqueles consumidores que querem desfrutar de funções de smartphones, como acesso a redes sociais, download de aplicativos, compartilhamento de fotos e vídeos, reprodução de músicas, mas não querem se comprometer financeiramente; esses aparelhos estão disponíveis na faixa de R$ 300 a R$ 400, um valor bem mais baixo quando comparado com o preço do “básico” da Apple.

Mesmo produzindo aparelhos básicos, a Samsung e a Nokia também abrangem um mercado de dispositivos top de linha, como o Galaxy S5 e o Nokia Lumia 930, que contam com os recursos tecnológicos mais avançados, oferecendo câmeras de altíssima resolução, processadores potentes para executar jogos e aplicativos mais pesados e grande espaço de armazenamento de dados. Desta forma, eles podem concorrer diretamente com o iPhone 5S, por exemplo, que é o aparelho mais caro da Apple no momento (no Brasil), enquanto não recebe o iPhone 6.

O consumidor, ao procurar um novo smartphone, deve considerar primeiramente quanto está disposto a desembolsar com o aparelho e então quais serão suas intenções com o telefone.





Por Rannier 

iPhone 5S

Nokia Lumia 530

Fotos: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *