Melhores aplicativos para você dar uma incrementada no seu PC, Tablet ou Smartphone.

Querendo dar aquela turbinada no seu dispositivo Windows? Esta pauta tratará sobre os melhores aplicativos para você dar uma incrementada no seu PC, Tablet ou Smartphone.

Entre as sugestões de apps está o Groove, que recentemente recebeu uma atualização que traz surpreendentes Playlists criadas para entrar com toda força na disputa. A Microsoft caprichou nesta última atualização, a novidade é parecida com as Playlists disponíveis nos serviços Apple Music e Spotify, que estão com uma classificação por comportamento e estilo. O Groove conta também com uma sessão de descobertas, que tem a função de apresentar novos artistas e músicas aos usuários.

O App LiMR é muito útil para aquelas pessoas que utilizam serviços gratuitos de streamings de músicas, que não vem com uma função de salvar músicas off-line para que possam usar sem conexão de internet. A interface do app é muito simples de se utilizar, podendo o usuário criar playlists, gerenciar e salvar suas músicas e realizar cortes nas gravações. O desenvolvedor garante que a qualidade do áudio é a mesma dos serviços de streamings.

Uma sugestão bastante interessante para quem quer proteção para seus arquivos é o famoso serviço de armazenamento em nuvem Dropbox. O App recebeu atualização para o S.O. Windows com muitas melhorias, incluindo uma novidade, a de poder imprimir documentos do Word, PDFs e apresentação de PowerPoint além de imagens, diretamente do app. Também é possível o compartilhamento de arquivos específicos com uma pessoa e o gerenciamento de senhas para arquivos.

LeapDroidé um app que emula o Android em seu computador com Windows, assim oferecendo um excelente desempenho para jogos. Os Desenvolvedores garantem fielmente que seu app não possui travamentos e que oferece ações de frames por segundo. O LeapDroid ainda permite ao usuário selecionar pontos sensíveis ao toque na tela para adicionar teclas especiais, possibilitando assim que o usuário possa jogar games do seu dispositivo móvel no seu PC.

Um game superinteressante é o Terraria, ele é um jogo que permite que o jogador explore vários mundos para combater os inimigos que aparecem a todo momento, o game tem uma pegada bem retrô, similar aos jogos dos anos 90, e possui modo multiplayer. Tem opção de criação de 1360 opções de criação de armas, poções, 450 tipos de inimigos, 20 chefes diferentes, 30 tipos de animais e muito mais. Este jogo pode ser jogado tanto no PC, quanto no smartphone.

Estes apps foram só algumas sugestões para você que quer incrementar seu dispositivo Windows, lembrando que todos podem ser baixados gratuitamente na loja de apps dos seus dispositivos.

Por Denisson Soares

SO Windows


A tecnologia chamada Waldio permitirá que as baterias durem até 40% a mais que as atuais e que a performance dos smartphones aumente em até 20 vezes.

Os smartphones evoluíram muito e não param de trazer novidades para os usuários. A cada novo lançamento, contamos com novas tecnologias que nos trazem recursos que antes nem imaginaríamos ser possível, mas apesar de tantos avanços em relação aos aparelhos, as baterias infelizmente não conseguiram acompanhar toda esta evolução e hoje são um dos principais motivos de reclamação por parte de quem usa smartphone, pois elas oferecem uma duração muito curta.

Mas uma nova tecnologia promete acabar com este problema, ou pelo menos amenizá-lo, pois as baterias poderão durar até 40% a mais do que duram atualmente. Esta nova tecnologia está sendo chamada de "Waldio" e a intenção é fazer com que a performance dos smartphones aumente em até 20 vezes, além de garantir uma redução no consumo da bateria em até 40%.

A descoberta foi feita por pesquisadores da Universidade Hanyang, Coreia do Sul e a solução encontrada é relativamente simples, pois de acordo com as explicações dos próprios criadores da Waldio, o smartphone perde eficiência à medida que os componentes vão se desgastando, devido ao uso diário, mas se for possível reduzir o tempo de desgaste destas peças então seria possível aumentar o tempo de duração destes aparelhos.

Um dos componentes que mais sofre desgaste em um smartphone é a memória, pois ela é composta de unidades flash e está o tempo todo recebendo novos dados e apagando dados antigos. E é este constante ato de gravar, acessar e apagar dados que faz com que a memória sofra um desgaste muito mais rápido. A Waldio é uma tecnologia que modifica a forma do sistema operacional acessar as informações, reduzindo o número de vezes em que é gravado, acessado e excluído dados da memória.

De acordo com os pesquisadores sul-coreanos, garantindo uma vida mais longa para estes e outros componentes, além de garantir uma duração maior para o smartphone, iria garantir também uma duração maior para a bateria que teria o seu consumo reduzido e até a performance do aparelho iria melhorar consideravelmente.

O problema é que não foi informado se esta tecnologia seria compatível com os atuais sistemas, mas os testes continuam e já é uma boa notícia para quem está sempre precisando recarregar o smartphone para não ficar sem bateria durante uma importante tarefa.

Por Russel

Bateria de smartphones


Pesquisadores estão desenvolvendo uma tecnologia que faz com que a tela dos smartphones se regenere sozinha, mas apenas se sofrer pequenos arranhões.

Uma das maiores preocupações entre os usuários de smartphones é com a tela do aparelho que, da mesma forma que é sensível ao toque, também é sensível a quedas e basta um simples descuido para a tela apresentar arranhões ou se o aparelho cair, a tela poderá sofrer uma avaria bem maior e o conserto não vai ser nada barato.

Mas imagine se fosse possível, ver a tela do seu smartphone se recuperando sozinho, após um dano como estes citados, sem você ter que fazer absolutamente nada, como se fosse em um filme do futuro.
Mas esta tecnologia está sendo desenvolvida na Inglaterra, mais precisamente na Universidade de Bristol, onde os pesquisadores estão pertos de oferecer ao mundo um celular cuja a tela se regenera sozinha, após ser danificada, mas claro, por enquanto a tecnologia funciona somente com pequenos arranhões.

Para conseguirem fazer com que a tela do celular se recuperasse de um arranhão, os pesquisadores conseguiram desenvolver uma tecnologia utilizando microesferas que por sua vez sã carregas através de um agente químico que é baseado no carbono. Desta forma, sempre que a tela do aparelho sobre algum dano mais leve, automaticamente é liberado pelo próprio aparelho o líquido que vai resolver o problema, preenchendo as fissuras e deixando a tela como nova. E dificilmente alguém vai perceber alguma coisa, porque este líquido quando endurece fica invisível, garantindo um ótimo acabamento final ao conserto da tela do celular.

Esta tecnologia, na verdade, foi desenvolvida para a indústria de aviação, mas com a popularização do smartphone e como estes aparelhos passaram a fazer parte do dia a dia de milhões de pessoas e claro que, estando o tempo todo disponíveis, estes aparelhos correm muito mais o risco de terem suas telas arranhadas, viu-se aí um ótimo nicho para investir. Bastou mais algum tempo de pesquisa para que muito em breve os usuários mais descuidados finalmente possam contar com este importante aliado, que vai salvar a tela do aparelho quando esta sofrer algum pequeno risco.

O maior problema no momento, é que os pesquisadores precisam que uma grande empresa invista nesta tecnologia, para que ela pudesse se tornar viável aos usuários finais, que são os verdadeiros interessados no invento.

Por Russel

Regeneração da tela de smartphones

Foto: Divulgação


A previsão é que a novidade esteja vigente ainda neste mês de maio

O Facebook, maior rede social da Internet, tem se esforçado para manter a preferência popular pelo site. A diversificação de serviços e novidades se torna essencial para aplacar a concorrência. Essa é uma formula que tem dado certo para potencializar os atrativos, recrutar novos seguidores e manter os clientes e usuários assíduos.

Uma das medidas pensadas pela empresa pode se tornar realidade em breve. Trata-se da incorporação de informações e conteúdos de outros sites diretamente no Facebook. A previsão é que a medida esteja vigente ainda neste mês de maio.

A idéia principal da empresa é conseguir concentrar conteúdos diversos, de sites distintos, em sua rede, o que facilitará o acesso à informação por parte de seus usuários, que não irão precisar acessar sites externos.

A informação foi divulgada pelo Wall Street Journal. Segundo a matéria publicada, tudo indica que ainda neste mês o serviço esteja funcionando e à disposição dos usuários da rede.

Esta é uma forma de manter os usuários mais tempo conectados à rede, uma vez que, com a chegada de diversos aplicativos a cada dia, a tendência é que o tempo de acesso ao Facebook caia.

A novidade será denominada “Instant Articles” e irá apresentar artigos dos maiores sites da Internet, como: Buzfeed, The New York Times, National Geographic, dentre outros.

A maior barreira encontrada pela empresa é a negociação de publicidade com os novos parceiros. As margens de lucro ainda não estão definidas.

Para a surpresa de muitos, especula-se que o Facebook estará disposto a abrir mão dos lucros obtidos através da publicidade que esses sites irão conseguir com vendas. Já no caso da publicidade que o próprio Facebook conseguir, os valores serão limitados para 70%, o que é uma margem bastante reduzida para o porte da empresa.

A estratégia da empresa não está no lucro obtido por publicidade, e sim a oferta de um serviço que seja capaz de manter por mais tempo os usuários conectados. É, sem dúvidas, uma estratégia contra a concorrência.

Por André César

Foto: divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: