O site E-Bit realizou pesquisa com relação ao e-commerce no Brasil e registrou, durante o primeiro semestre de 2012, um montante expressivo de 30 milhões de encomendas feitas às lojas virtuais que foi um valor 20% mais alto do que o mesmo período do ano anterior.

Com isso, o e-commerce se consolida como um dos mercados potenciais do Brasil tendo a expectativa de faturar R$22,5 bilhões no ano de 2012.

Ao ser comparado com outros países da América Latina, o e-commerce brasileiro representa 59,1% das transações nesta parte do mundo.

Deste global de negócios, segundo a Câmara -e.net (Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico) apenas 20% das movimentações do setor são de pequenas e médias empresas as quais, muitas vezes, não possuem know how tecnológico e conhecimentos específicos para atuar nesta área específica.

Apesar disso, o crescimento cada vez maior da quantidade de consumidores virtuais e o imenso mercado disponível no e-commerce são potencialidades interessantes para o desenvolvimento cada vez maior desta área econômica.

Por Ana Camila Neves Morais


Objeto da moda, aparelhos celulares são vistos nas mãos de quase todas as pessoas no Brasil, ou melhor, com muita relevância nas grandes capitais. Alguns cidadãos portam, inclusive, duas ou mais unidades, geralmente uma estrita à vida pessoal e outra à profissional.

Levantamento realizado pelo Credit Suisse Research Institute indica que 14% dos brasileiros com remuneração abaixo de US$ 1 mil almejam adquirir aparelho celular nos próximos 12 meses. O índice aos consumidores com ganhos entre US$ 1 mil e US$ 2 mil arrefece para 11% no período em questão, e as pessoas com remuneração superior a US$ 2 mil a percentagem cede mais, para 9%.

Considerando-se somente smartphones, o estudo indica que a intenção de compras é de 2% para a primeira faixa de renda acima, de 2% para a segunda e de 4% para a última. O mais curioso no estudo, é o diagnóstico dos percentuais brasileiros estarem mais avançados em relação aos contabilizados em países como China, Índia, Arábia Saudita e Rússia.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Alshop





CONTINUE NAVEGANDO: