Vendas do novo aparelho da Samsung começará no dia 2 de abril e os preços variam de R$ 3.799 a R$ 4.299.

No Brasil, não há como negar que a Samsung é uma das fabricantes que dominam com supremacia não só o mercado, mas também a preferência dos consumidores quando o assunto é smartphones. E a fim de se manter na vanguarda da preferência de vendas no mercado nacional que a Samsung está lançando, no Brasil, os seus novos smartphones topo de linha, aparelhos estes que começarão a ser comercializados pela empresa por aqui a partir do dia 02 de abril.

Mesmo chegando ao Brasil 40 dias após ser lançado no mercado global, os aparelhos S7 e S7 Edge chegaram ao mercado com um preço de aquisição mais em conta se comparado aos seus principais concorrentes da Apple, uma vez que os modelos têm preços sugeridos em R$ 3.799 (para o S7) e R$ 4.299 (para o S7 Edge), enquanto os modelos de ponta da concorrente, os novos iPhones, possuem valores de comercialização que variam entre R$ 3.999 (para o iPhone 6S de 16GB) a R$ 4.899 (para o iPhone 6S Plus de 128 GB).

Aqui no mercado nacional estes novos aparelhos da Samsung serão comercializados nas cores preta, dourada e prata. Para aqueles que necessitam de uma capacidade maior de armazenamento de dados, a notícia que não irá agradar é a de que o produto não será mais disponibilizado na versão com 64 GB, sendo que a versão que terá maior capacidade de armazenamento será a de 32 GB.

A grande novidade que será trazida por estes modelos é a presença da câmera Dual Pixel, que juntamente com uma maior abertura do sensor proporcionou ao aparelho uma sensibilidade à luminosidade 56% maior que a do S6. A câmera frontal do aparelho continua com os mesmos 5 megapixels do S6, contudo a câmera da retaguarda possui uma resolução de 12 MP, valor este que sofreu uma redução se comparado à câmera traseira do S6, que continha 16 MP, todavia convém ressaltar que esta redução de megapixels não serve para mensurar uma pior qualidade de fotografias em relação ao modelo anterior.

A tela deste novos aparelhos ficam ligadas definitivamente, isso graças à nova tecnologia inserida nos displays chamada Always-On, com essa tecnologia a exibição das horas, notificações de mensagens e chamadas, bem como desenhos simples que podem ser utilizados para personalizar o display, são exibidos continuamente, de modo que esta função consome apenas 1% da bateria do aparelho por hora.

Com relação ao design, os modelos ficaram similares aos modelos anteriores, da linha S6, porém, voltaram a ser à prova d’água, sendo que eles podem ficar submersos ao limite máximo de uma profundidade de 1,5m pelo período de 30 minutos.

Por Adriano Oliveira


Vários rumores estão sendo divulgados, dando a notícia de que o Galaxy S7 será mais leve, fino e resistente.

Não param de ser publicados os rumores sobre o novo projeto da Samsung, o Galaxy S7, que promete trazer muitas novidades para o mercado de smartphones.

Um destes rumores diz que o novo Galaxy S7 será uma nova versão do Exynos 8890 ou então poderá trazer o Snapdragon 820 e recentemente tivemos uma revelação de que o lançamento da Samsung contará com dois tamanhos de tela, um com 5,2 polegadas para quem prefere smartphone mais discreto e outro com um tamanho parecido com a tela da linha Note da empresa.

Outro rumor dado quase que como certo é que o Galaxy S7 irá abandonar de vez o alumínio em seu corpo para adotar a liga de magnésio que deixará o aparelho mais leve e mais resistente ao mesmo tempo.
A versão anterior, o Galaxy S6 já tinha inovado ao abandonar o plástico para trazer um corpo em metal e traseira em vidro, pelo menos em uma parte. Isso foi bastante justo, afinal quem paga caro por um smartphone quer um aparelho de qualidade e design arrojado. A intenção da sul-coreana é mostrar que a empresa continua investindo e seu Galaxy está melhorando a cada novo lançamento.

O uso do magnésio vai deixar o Galaxy S7 até 65% mais leve, mas isso diz respeito apenas ao corpo do aparelho e não ao seu peso total. Mesmo assim é uma ótima melhora para o smartphone que estará mais leve, mostrando que a cada nova geração que chega ao mercado, o consumidor irá encontrar melhorias e novas tecnologias.

Com a notícia do uso de magnésio no S7 muita gente começou a questionar sobre a resistência do aparelho, pois de nada adianta ser mais leve e ficar mais frágil, mas o uso do magnésio deixará o aparelho com uma durabilidade quase 3 vezes maior do que a versão atual.

O Galaxy S7 já conquistou o consumidor só pelo fato de ser um aparelho mais leve, mais fino e também mais resistente que os modelos disponíveis atualmente no mercado.

Não há data oficial de seu lançamento, mas ele deve chegar ao mercado já no começo de 2016 ou até mesmo no final deste ano para aproveitar as boas vendas de final de ano, tudo vai depender da Samsung, mas a empresa tem trabalhado muito para deixar tudo pronto para que o S7 possa ser lançado ainda em dezembro.

Por Russel

Samsung Galaxy S7

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: