Confira 5 smartphones da Samsung em oferta e suas características.

Uma das maiores fabricantes de celulares é a Samsung. A marca foi fundada em 1936 na Coreia do Sul se tornou símbolo de produtos eletrônicos de qualidade, modernos, e, sobretudo, bom preço.

Com mais de meio século de atuação no mercado, a Samsung está presente em muitos países em diferentes continentes. E a cada novo lançamento a marca se supera e consegue impressionar os amantes de tecnologia, principalmente, os apaixonados por telefonia móvel.

Considerada uma das principais marcas de celulares do mundo, a instituição compete de igual para igual com outras fabricantes. Devido a isso, confira agora cinco smartphones da Samsung que estão em oferta no Brasil.

05º lugar – Samsung Galaxy J2 Prime TV

Abrindo a lista está o Samsung Galaxy J2 Prime, um dos primeiros lançamentos da família Galaxy da marca coreana. Esse modelo apresenta uma tela de 5 polegadas, uma memória de 16 GB, uma câmera frontal de 5 megapixels e uma traseira de 8 megapixels. Além disso, ele permite que os usuários possam assistir a programas de TV, pois, ele vem com uma função de televisão digital. Por fim, ainda apresenta a possibilidade de ser usado com dois chips de operadoras diferentes, isso é ótimo para quem precisa de dois números distintos. O Samsung Galaxy J2 Prime TV hoje pode ser encontrado a partir de R$ 580,00 antes ele era vendido a R$ 799,00.

04º lugar – Samsung Galaxy J5 Prime

A linha Galaxy se tornou uma das mais vendidas, pois, ao longo do tempo ela foi se aprimorando. Devido a isso, existem alguns representantes dessa família nesta lista. O Samsung Galaxy J5 Prime foi considerado um dos melhores lançamentos da Samsung nos últimos anos, devido a sua ficha técnica. Esse modelo apresenta uma tela de 5 polegadas em HD. Sua câmera traseira aumentou o poder de qualidade das fotos e passou a ter 13 megapixels e a frontal apresenta os mesmos 5 megapixels só que ganhou mais funções para editar as imagens. Além disso, possui capacidade para armazenar 32 GB de conteúdos. O modelo possui um design moderno com linhas mais arredondas o que confere melhor manuseio. Ele pode ser encontrado nas cores: Black, Gold e Rosa. Além de ter sido um dos primeiros celulares com leitura de digital, o que dá mais segurança aos donos. Anteriormente ele era vendido a R$ 999,00 e hoje está pelo preço de R$ 692,00.

03º lugar – Samsung Galaxy J5 Pro

O Samsung Galaxy J5 Pro é uma evolução do Samsung Galaxy J5 Prime, pois, ele foi modificado em algumas funções. Neste modelo mais recente, a tela, por exemplo, foi aumentada para 5,2 polegadas e ela também foi revestida por um vidro que protege mais o aparelho. Tanto a sua câmera traseira quanto a frontal apresentam 13 megapixels, o que quer dizer que qualquer uma das duas, quando acionadas, vão tirar excelentes fotos. A sua memória RAM foi dobrada, o que quer dizer que ele vai ser ainda mais rápido e você não terá problemas com jogos e aplicativos travados. Por fim, uma outra função excelente é que você pode acessar os aplicativos ao mesmo tempo com duas contas diferentes. Isso é ótimo para quem precisa de um perfil pessoal e outro para sua empresa, por exemplo. O Samsung Galaxy J5 Pro caiu de R$ 1.299,00 para R$ 989,00.

02º lugar – Samsung Galaxy J7 Prime

O vice-campeão desta lista é o Samsung Galaxy J7 Prime. O modelo apresenta uma tela de 5.5 polegadas, uma das maiores tamanhos já produzidos pela Samsung até então. Ele ainda conta com uma câmera traseira de 13 megapixels e a frontal com 5 megapixels, só que a frontal apresenta estabilizador de imagens assim a sua foto sai com muito mais foco e claro nítida. Sua memória inicial é de 16 GB mais pode ser aumentada para até 128 GB através do uso de um cartão de memória. A sua bateria dura muito mais tempo graças a tecnologia 3300 mAh. Outra função aprimorada no Samsung Galaxy J7 Prime é que a sua tela apresenta a tecnologia Super AMOLED, que significa que tudo reproduzido na tela ganha cores mais fortes e nítidas. O Samsung Galaxy J7 Prime estava sendo comercializado por R$ 1.599,00 e agora está por R$ 719,00.

01º lugar – Samsung Galaxy S7 Edge

O grande campeão desta lista é o Samsung Galaxy S7 Edge. Esse celular apresenta uma tela de 5.5 polegadas Quad HD, ou seja, sua resolução é ainda melhor. O seu design foi considerado um dos mais bonitos, devido as suas bordas arredondas e quase infinitas. Além disso, o modelo apresenta uma proteção especial, o “Gorila Glass”, contra agentes naturais como a água, sujeira e outros poluentes. O seu processador também é mais rápido que outros modelos, ou seja, travar o celular é um problema que não vai acontecer com o dono do Samsung Galaxy S7 Edge. A sua câmera apresenta traseira 12 megapixels e a frontal com 5 megapixels. O que torna sua câmera especial é o foco que foi aumentado em quatro vezes, o que ajuda em fotos noturnas. A sua memória é de 32 GB e pode ser aumentada até 128 GB através do uso de um cartão de memória e a sua bateria também foi prolongada, segundo a Samsung você pode assistir a vários episódios de uma série. O Samsung Galaxy S7 Edge está sendo vendido por R$ 2.159,00 e anteriormente por R$ 4.299,00.

Por Isabela Castro

Samsung Galaxy S7 Edge


Confira algumas boas opções de smartphones baratos e que atendem perfeitamente tarefas básicas.

Quem procura por um smartphone barato deve pesquisar bem antes de decidir pelo modelo que vai adquirir, pois hoje no mercado são várias opções, oferecendo uma boa configuração, por um preço bem em conta. Boa parte dos usuários utilizam o smartphone para conversar no WhatsApp, acessar as redes sociais, entre outras tarefas que podem ser executadas perfeitamente por um aparelho que tenha uma configuração mais modesta.

Confira alguns modelos de smartphones baratos, mas que atendem perfeitamente quando se trata das tarefas básicas.

Galaxy J1: custa na média de R$ 400,00 e não deixa nada a desejar para quem utiliza redes sociais, e-mails e navega nos mais variados sites. Seu processador é um quad-core, com 1GB de memória RAM e suas câmeras garantem boa qualidade, para quem gosta de postar selfies em redes sociais. A tela é de 4,5 polegadas e o armazenamento é de apenas 8GB, mas expansível a 128GB. Claro que não é um aparelho para quem gosta de jogar pesados games, ou ter vídeos em alta resolução, é um smartphone de entrada, para quem quer economizar, mas ter uma configuração relativamente boa.

Samsung Galaxy J1

Zenfone Go: esse é um modelo da Asus para quem não pode gastar muito para ter um bom smartphone. Pesquisando bem, poderá encontrá-lo na média de R$ 500,00 e não vai se arrepender. Vem com tela de 4,5 polegadas, 1GB de memória RAM e processador quad-core. Infelizmente não tem 4G, mas pode acessar internet 3G ou por Wi-Fi. Acessa as redes sociais com ótima performance e garante fotos com boa qualidade.

Asus Zenfone Go

Galaxy J2 Prime: a Samsung acertou quando lançou este modelo para atender os consumidores que estavam procurando um celular de entrada, com uma configuração que atendesse de forma tranquila, as tarefas do dia a dia. Pode-se dizer que este é um dos melhores entre os que estão na linha de entrada, oferecendo 1,5GB de memória RAM e processador quad-core de 1,4GHz. A câmera traseira tem 8MP de resolução e a frontal é de 5MP com flash. Outro detalhe deste modelo é que ele vem com TV, um diferencial importante que deve ser levado em consideração na hora que for pesquisar no mercado. Seu preço fica na média de R$ 650,00. Note que ele custa um pouco mais caro que os demais, mas em compensação, tem boas vantagens, valendo o gasto extra.

Samsung Galaxy J2 Prime

J5 Metal: esse modelo tem flash frontal e seu preço pode até assustar o consumidor em busca de um modelo de entrada, mas é bom dar uma conferida antes na configuração. São 2GB de memória RAM e isto faz uma diferença enorme para aqueles que precisam ficar com vários aplicativos abertos ao mesmo tempo. Se você acessa as redes sociais, e-mail, navega na internet, usa o WhatsApp e precisa fazer tudo isso ao mesmo tempo, então este é o modelo ideal para que você possa fazer todas as tarefas com agilidade e por um preço bem em conta. Esse smartphone fica na média dos R$ 750,00 justamente por ser um dos melhores entre os modelos de entrada.

Samsung J5 Metal

E, por fim, não vamos nos esquecer do Moto G4, que pode ser encontrado por menos de R$ 700,00 já que saiu modelos mais recentes desta linha. Só que o Moto G4 vai atender com tranquilidade o usuário que procura um modelo de entrada. Tem 2GB de memória RAM, 16GB de espaço para armazenamento interno, expansível até 128GB. Dá para salvar fotos, músicas, vídeos e muito mais. A câmera traseira tem 8MP e a dianteira 5MP. Se quiser gastar um pouco mais, pode até analisar o Moto G5, mas se você não precisa rodar games pesados, certamente o Moto G4 será uma ótima escolha.

Moto G4

Fotos: Divulgação

Por Russel


Confira os smartphones intermediários com melhor custo benefício do mercado.

Os Smartphones intermediários estão em alta e acabam sendo escolhidos na hora de economizar. E a boa notícia é que existem muitas opções de Smartphones intermediários que são de ótima qualidade e podem superar nas expectativas. Vamos aos modelos mais indicados:

Lenovo Vibe K6

Esse é um modelo de smartphone de qualidade e com um bom preço. Ele não fica muito atrás de grandes marcas. E pode garantir uma funcionalidade perfeita. Ele tem sensor biométrico que aumenta a segurança e não gasta muito tempo na hora de bloquear e desbloquear o Smartphone. O valor do Lenovo Vibe K6 custa R$ 599,00, esse valor é considerado baixo em relação à configuração e funcionalidade desse aparelho. O Smartphone Lenovo Vibe K6 possui câmera de 13 MP, hardware potente, tela de 5 polegadas, processador Octa-Core entre outros. É um ótimo investimento.

Lenovo Vibe K6

LG K10 Novo 2017

Esse Smartphone é um dos mais procurados pelo seu baixo custo. Além disso, esse aparelho tem uma configuração perfeita, e não fica para trás se comparado aos outros que são semelhantes a ele. Seu design moderno agrada a variados estilos de pessoas. Um de seus atrativos é que ele é bem leve, pesa apenas 138 gramas. Seu sistema operacional é Android 7.0, o que já compensa escolher esse Smartphone intermediário. Além de tudo que já foi citado, o LG K 10 possui tela de 5,3 polegadas, memória de 32 GB, câmera de 13 Megapixels e bateria de 2.700 mAh. Essa pode ser sua melhor opção de compra, pois seu valor de mercado é de R$ 599,00.

LG K10

Motorola Moto G4 Plus

A Motorola tem uma ótima fama, e esse aparelho não seria diferente. Com um design moderno e inovador, esse Smartphone já conquistou muitas pessoas. A parte traseira do celular é lisa e suas bordas são finas, o que facilita muito em seu manuseio. Um dos grandes atrativos desse aparelho, é que ele tem sensor de impressão digital, que é indicado para manter suas informações seguras. Sua configuração possui tela de 5,5 polegadas, Android 6.0, câmera de 16 Megapixels, bateria de 3.000 mAh e processador Octa-Core Quad 1,5 GHz + Q

Moto G4 Plus

Asus Zenfone 3 Max

Esse Smartphone é um sucesso. E o que diferencia ele dos outros? Fica difícil citar apenas uma característica que faz com esse aparelho, mas uma delas que é bem comentada é sua bateria de 4,100 mAh. Seu design com ar contemporâneo também faz muito sucesso. Ele tem carregamento reverso, tela de 5.2 polegadas, sistema operacional Android 6.0, memória de 16 GB, câmera de 13 Megapixels e muito mais. Seu valor de mercado é de R$ 620,00. Com toda essa configuração e modernidade, ele está sendo vendido com um ótimo preço.

Asus Zenfone 3 Max

Motorola Moto E4 Plus

Esse Smartphone intermediário é sensacional. Seu design é moderno e conta estrutura em metal. Ele é considerado um aparelho leve e suas dimensões são perfeitas para ser carregado no bolso ou sem dificuldade. Seu grande diferencial é a sua bateria de 5.000 mAh, ideal para quem precisa ficar conectado o tempo todo. Sua configuração conta com tela de 5.5 polegadas, memória de 16 GB, Android 71.1 Nougat, câmera de 13 Megapixels, processador Quad Core 1.3 GHz. Seu valor de mercado é bem interessante, custando R$ 636,00.

Moto E4 Plus

Com essas opções fica mais fácil escolher um Smartphone intermediário com um bom valor e uma ótima configuração. Escolha o seu!

Por Cristiane Amaral


A redução dos preços, em média, chegou a 25%.

Uma das coisas que mais chamaram a atenção no primeiro semestre de 2016 foi a quantidade de smartphones que foram lançados no mercado. A gama de aparelhos com o Android e até o novo iPhone com seu iOS atraiu muitos consumidores. Ainda assim, com tanta variedade teve gente que se preocupou um pouco mais e foi dar uma pesquisada seja atrás de preços mais em conta, hardwares mais potentes ou uma tela maior.

Na grande maioria dos casos os preços cobrados pelos aparelhos acabaram por cair dentro de poucos meses. Boa notícia! A redução em média nos valores chegou a 25% de acordo com um levantamento que foi realizado por um site especializado em comparar preços.

Já os motivos que levam a maioria das pessoas a efetuarem uma escolha por este ou por aquele modelo de celular são os mais variados possíveis. Alguns consideraram a marca, outros o custo e já outros as configurações. De qualquer forma selecionamos alguns dos modelos mais populares da primeira metade deste ano e acrescentamos algumas informações sobre como eles andam se comportando atualmente. Confira:

LG K10:

O dispositivo chamou a atenção a principio por ter um bom preço além de uma ficha técnica satisfatória. Por aqui ele chegou custando R$1.199. Mas já pode ser encontrado em diversas lojas especializadas com preços bem abaixo do que o da sua estreia. Para se ter ideia tem gente vendendo o K10 por R$789.

LG K2

Moto G 4 Plus:

Desnecessário dizer que os brasileiros praticamente abraçaram esse aparelho. Uma boa coisa que aconteceu com ele foi o fato dele ter ganhando alguns truques novos. O preço sugerido inicialmente para o aparelho era de R$1.499. Mas com o tempo e apesar de sua configuração ter agrado a muitos ele também passou por uma queda chegando a custar R$1.130.

Moto G 4 Plus

Galaxy S7:

O modelo chegou marcando presença com uma ficha técnica respeitável e uma câmera bem poderosa.

As especificações de ponta do aparelho atraíram muitos consumidores. Na época de seu lançamento o valor cobrado era de R$3.799. Entretanto, ele também não escapou da redução de preços baixando para até R$2.789.

Pelo visto um pouco de paciência pode compensar para quem prefere economizar e não entrar no vermelho devido a um novo lançamento.

Galaxy S7

Por Denisson Soares


Modelo da Apple pode ser comprado por R$ 4 nos Estados Unidos no plano de 2 anos da operadora Verizon ou Sprint.

Já pensou em comprar em comprar um iPhone 6s por apenas R$ 4 ? Nos EUA é possível fazer isso, ao menos foi nesses últimos dias.

A oferta está sendo oferecida pela rede de varejo Best Buy, uma das maiores e mais respeitadas no território norte-americano. A oferta é especial para esse final de ano, porém, para realizar a compra por um valor tão baixo, é necessário comprar um plano de 2 anos da operadora Verizon ou Sprint. Nenhuma das duas operadoras trabalha no Brasil atualmente.

A oferta, assustadora para quem mora no Brasil, também chamou a atenção em nos Estados Unidos, onde geralmente esse tipo de plano é oferecido por cerca de US$ 200, algo em torno de R$ 800 na cotação atual do Dólar. Por lá, o preço de um iPhone 6s, é US$ 649, mais de R$ 2.500,00.

O modelo disponibilizado pela Best Buy, é o de 16GB, disponível em todas as cores. Porém, a oferta é válida apenas para o iPhone 6s, de 4,7 Polegadas. O modelo Plus, mais caro e com tela maior, não entrou na promoção e continua com seu preço convencional.

Para aqueles que já pensam em comprar o aparelho, mas moram aqui no Brasil, a decepção não tarda a chegar: Para efetuar a compra, como o iPhone será vinculado a uma operadora, é necessário possuir endereço residente nos Estados Unidos, e o documento equivalente ao CPF por lá, para poder comprá-lo.

Atualmente no Brasil, o mesmo aparelho, sem plano de operadoras, sai por praticamente, R$ 4.000,00. Já com os planos oferecidos por elas, é possível comprar um iPhone 6s por cerca de R$ 3.000,00 ou até mesmo por um valor pouco menor.

Para, efeito de comparação, o site Techtudo, calculou quantos iPhones 6s seria possível comprar nos Estados Unidos na promoção da Best Buy, com o valor que se gasta em apenas um, aqui no Brasil. O resultado? Seria possível comprar quase mil unidades do aparelho.

Por Isis Genari

iPhone 6s


A Apple Brasil aumentou os preços de desktops, notebooks e acessórios, tendo algumas altas de até 150%.

Péssimas notícias para os fãs e consumidores brasileiros dos produtos da Apple. O terceiro aumento do ano de 2015 aconteceu nos últimos dias e elevou os preços das mercadorias de ponta em até mais de 50%.

Após o aumento, os desktops, notebooks e outros acessórios da Apple Brasil estão com preços desanimadores e muita gente vai desistir de presentear amigos e familiares nas festividades do final de ano com produtos da marca.

Apesar de serem conhecidos pelo preço mais salgado, os produtos eram acessíveis, com o último aumento, ficou complicado. O MacBook Pro de 13 polegadas sofreu aumento de 64%, o produto vai custar aproximadamente R$ 10.500. Parece brincadeira, não é mesmo? Mas não é.

Acessórios como o Magic Trackpad, com bateria interna de íon de lítio que dispensa o uso de pilhas, custavam em torno de R$ 400,00 e agora passarão a custar R$ 1.000,00, o produto, por exemplo, sofreu aumento de 150%. O teclado sem fio que custava o mesmo valor do Magic Trackpad sofreu alta de quase 90% e agora pode ser adquirido por R$ 749,00. A justificativa usada pela Apple é de que os aumentos são consequência da alta do dólar no Brasil nos últimos meses.

A menor alta ficou com o iMac de 27 polegadas, o produto que custava cerca de R$ 16.299,00 agora poderá ser adquirido por R$ 18.999,00. Mesmo o produto que sofreu o menor aumento teve alta de R$ 2.700,00, ou seja, nada bom para o bolso dos consumidores.

Muita gente inconformada com os preços está procurando outras soluções ou ainda recorrendo a outras marcas. Com grande instabilidade econômica e em meio a um cenário crítico, infelizmente, não é o melhor momento de adquirir produtos da marca. Se você estava de olho em algo, talvez adiar um pouco as compras e torcer para que os preços diminuam seja uma boa estratégia.

Por Beatriz 

Produtos da Apple

Foto: Divulgação


Preços dos iPhones foram reduzidos no Brasil, mas dos tablets tiveram aumento de 40%.

Juntamente com o lançamento de novos iPhones e iPads no Brasil, a Apple também anunciou ajustes de preços em versões anteriores. Um dos grandes destaques foi, sem sombra de dúvidas, a redução de até 18% em modelos de smartphones de gerações passadas da Apple. Em contrapartida, os tablets registraram aumento de 40% em seu preço sugerido.

Vale ressaltar que a grande aposta da Apple para o mercado mundial são os iPhones 6S e 6S Plus. Um dos grandes destaques destes lançamentos é a câmera traseira de 12 megapixels de resolução. Além disso, a mesma possui capacidade para filmagem em 4K. A câmera dianteira conta com 5 megapixels de resolução.

Como já foi destacado nesta matéria, a Apple anunciou reajuste de preços em seus aparelhos mais antigos. O iPhone 5S de 16 GB, por exemplo, foi o que registrou a menor queda em seu preço sugerido: 8%, ou queda de R$ 2,5 mil para R$ 2,3 mil. Já a mesma versão, porém, com 32 GB registrou recuo de 13%, passando de R$ 2,9 mil para R$ 2,5 mil.

A maior redução registrada neste reajuste foi no iPhone 6 com capacidade para 16 GB que passou de R$ 3,5 mil para R$ 3,2 mil. Já o iPhone 6 de 64 GB e o 6 Plus (16 GB) tiveram baixa de 10% em seus respectivos preços sugeridos. O iPhone 6 Plus de 64 GB passou a ter preço sugerido de R$ 3,8 mil, ou seja, baixa de R$ 500 ante os R$ 4,3 mil anteriormente.

A Apple já anunciou sua grande aposta para o mercado: iPhones 6S e 6S Plus. É importante destacar que o mesmo ainda não possui previsão para ser lançado no Brasil, apesar de já ter sido confirmado ainda para este mês nos seguintes países: Porto Rico, Alemanha, Hong Kong, Cingapura, Reino Unido, Nova Zelândia, Austrália, Estados Unidos, China, Canadá, França, Japão.

Por Bruno Henrique

iPhones

Foto: Divulgação


Os smartphones com valores abaixo de 100 dólares são os mais procurados e este cenário deverá continuar até 2020.

Apesar de ter sido registrada pela primeira vez uma queda nas vendas de smartphones no Brasil, devido à crise que o país atravessa, estes pequenos aparelhos continuarão sendo responsáveis pela maior parte das vendas nos próximos anos. Mas como a situação não está fácil para ninguém, os smartphones com preço abaixo de US$ 100 serão os mais procurados e isso não deve mudar até 2020.

E a previsão que os smartphones até US$ 100 puxem as vendas até 2020 não é só para o Brasil, até os mercados emergentes, como a África, Oriente Médio e também a América Latina como um todo estão nesta mesma situação. Na Índia e na Indonésia o cenário também não deverá ser diferente e mesmo com as grandes empresas lançando modelos tops de linha, que são desejados por todos, o que realmente vai continuar mantendo as boas vendas são aqueles modelos básicos, com preço abaixo dos US$ 100.

Um relatório emitido pela "Ovum" mostrou que as vendas de smartphones em todo o mundo vão aumentar e a expectativa é que este aumento seja em média de 2,4% ao ano, saltando de 1,88 bilhão em 2014 para 2,16 bilhões de smartphones vendidos em 2020.

E para este cenário, o crescimento nas vendas deverá ficar concentrado principalmente no Oriente Médio, pois enquanto se espera que o crescimento na venda de smartphones, para a América do Norte e a Europa, seja de 2%, para o Oriente Médio a expectativa é que o crescimento fique em torno de 17%.

A China, que vinha se apresentando como um possível maior consumidor de smartphones do mundo, está em desaceleração e o crescimento médio anual não deverá ultrapassar os 4%. Já na Índia o aumento deverá ser de 19,7% e na Indonésia de 16,3%.

E desse montante de vendas de smartphones, em 2020, 40% dos aparelhos comercializados em todo o mundo terão um valor abaixo dos US$ 100 e há dois motivos para isso: o primeiro é que a crise vem atingindo o mundo inteiro e apesar das pessoas continuarem comprando smartphone, vão optar por um modelo mais barato, deixando de lado os tops de linha. O segundo motivo é que, com o avanço da tecnologia e a concorrência cada vez maior neste setor, smartphones até US$ 100 irão atender perfeitamente as necessidades básicas dos usuários que é navegar pela internet, trocar mensagens, publicar selfies e acessar as redes sociais e, claro, efetuar ligações.

Por Russel

Smartphones

Foto: Divulgação


Descontos variam de R$ 50 a R$ 400 em diversos modelos que são vendidos no Brasil.

A crise atingiu todos os setores e até os smartphones, considerados a grande sensação do momento e os únicos produtos a resistirem a forte crise que assola o Brasil, não aguentou e a queda na venda destes aparelhos já vem sendo registrada. A Samsung Brasil não viu outra alternativa e precisou reduzir o preço de seus aparelhos para não ver as vendas despencando ainda mais.

Com uma campanha até então inédita por aqui, a Samsung, famosa por ter os melhores e mais caros aparelhos, passou a oferecer descontos em seus smartphones, que variam de R$ 50 a R$ 400 para toda a linha comercializada no Brasil.

Mas, engana-se quem pensa que com isto a empresa estará tendo prejuízo, pelo contrário, os lucros vão continuar altos à medida que a Samsung conseguir manter as boas vendas e, claro, garantir que os consumidores brasileiros procurem por seus aparelhos quando forem trocar seu smartphone por um outro melhor.
Com tantos concorrentes no mercado e nova marca chegando ao Brasil com preços bem abaixo do que vinha sendo praticado, a Samsung sabe que a realidade agora é outra e precisa se adaptar rapidamente.
E a sul-coreana escolheu 16 modelos de seus smartphones para entrarem em  promoção. O que vai ter maior desconto será o Galaxy S5 Duos que agora custa R$ 400,00 a menos, custando agora somente R$ 2.100,00.

O Galaxy Young 2 TV já custava mais barato, por isso o desconto foi somente de R$ 50,00 e hoje o modelo custa R$ 379,00.

Mas é bom aproveitar o quanto antes esta promoção da Samsung, porque a empresa já avisou que vai manter estes descontos somente até o dia 8 de agosto!

Confira outros modelos de smartphones da Samsung que estão participando desta promoção:

– Galaxy S5 – desconto de R$ 300,00 – valor: R$ 1.999,00;

– Galaxy E7 4G Duos – desconto de R$ 200,00 – valor de R$ 1.299,00;

– Galaxy A3 4G Duos – desconto de R$ 300,00 – valor de R$ 999,00;

– Galaxy A4 4G – desconto de R$ 300,00 – valor de R$ 999,00;

– Galaxy E5 4G Duos – desconto de R$ 200,00 – valor de R$ 999,00.

Por Russel

Smartphones da Samsung

Foto: Divulgação


Modelo poderá ser adquirido por um link que será divulgado no Facebook no dia 2 de julho.

Após o lançamento do modelo da concorrente Xiaomi no país, a Asus anunciou uma grande promoção, o Asus Zenfone 5 tem custo reduzido para R$ 489,00. Cerca de 1.000 unidades do produto devem estar à venda na loja oficial da ASUS.

Segundo a empresa, o link deverá ser distribuído aos interessados por meio do Facebook, no dia 2 de julho às 10h30. Esse link deverá redirecionar o cliente a uma página onde deverá ser realizado um cadastro, que permitirá a utilização do código de desconto para o produto.

O diretor da marca no país sugere que quem está interessado em comprar um smartphone de qualidade deve esperar a promoção da Asus no dia 2 de julho, já que traz qualidade e desempenho pelo menor preço.

O Asus Zenfone possui uma nova interface batizada de ZenUI, a qual melhora o desempenho do modelo para o sistema operacional Android. O modelo possui utilitários exclusivos da empresa, como por exemplo, o PC Link que é capaz de controlar o aparelho por meio de um computador ou notebook. Outros aplicativos que se destacam são: o Remote Control e o Share Link.

A linha Zenfone foi lançada no ano passado e pode ser considerada um sucesso de vendas nacional justamente pela qualidade do produto, ótimo desempenho e menor preço. O Asus Zenfone 5 com processador Atom de 1.2 Ghz está disponível nas cores branco e preto.

Outros modelos Zenfone também entraram na promoção. O modelo Asus Zenfone 5 que conta com processador Atom de 1.6 Ghz está disponível nas cores branco e vermelho. O preço do modelo varia entre R$ 599,00 e R$ 699,00, dependendo da memória interna do produto.

Já o Asus Zenfone 6 está disponível nas cores branco e preto, e o preço do modelo com o desconto é de R$ 899,00 para versão com 16 GB e R$ 999,00 para versão de 32 GB. A loja oficial da Asus facilita o pagamento, sendo possível parcelar o produto em até 12 vezes sem juros.

Por Wendel George Peripato

Asus Zenfone 5

Asus Zenfone 5

Fotos: Divulgação


A Apple já disponibilizou a venda dos novos iPhones no Brasil. São duas novas linhas, o iPhone 6 e o iPhone 6 Plus, divididos em outros modelos. O valor acompanha a fama e a popularidade dos smartphones da Apple, os valores vão de R$ 2.879, até impressionantes R$ 4,4 mil para a versão mais robusta do iPhone 6 Plus.

O valor dos novos aparelhos é algo que chama a atenção, mas já era esperado. Os rumores foram confirmados. Os produtos e valores estão organizados de forma decrescente na relação abaixo:

– iPhone 6 Plus com capacidade de 128 GB: R$ 4.399,00 (pagamento à vista de R$ 3.959,10);

– iPhone 6 Plus com capacidade de 64 GB: R$ 3.999,00 (pagamento à vista de R$ 3.599,10);

– iPhone 6 Plus com capacidade de 16 GB: R$ 3.599,00 (pagamento à vista de R$ 3.239,10);

– iPhone 6 com capacidade de 128 GB: R$ 3.999,00 (pagamento à vista de R$ 3.599,10);

– iPhone 6 com capacidade de 64 GB: R$ 3.599,00 (pagamento à vista de R$ 3.239,10);

– iPhone 6 com capacidade de 16 GB: R$ 3.199,00 (pagamento à vista de R$ 2.879,10);

Se comparado ao modelo mais modesto do MacBook Air, o consumidor pode levar um iPhone 6 Plus de 128 GB de memória interna pagando menos. Para quem tiver interesse pode acessar o seguinte endereço eletrônico: store.apple.com. No site o consumidor pode escolher o modelo mais adequado às suas necessidades, além de conferir todos os detalhes. Esse tipo de venda garante a segurança e comodidade da entrega do produto em casa, longe das longas filas das operadoras.

Se você não quiser efetivar sua compra pela internet, pode retirar o produto pessoalmente na única Apple Store do Brasil, que fica localizada no Rio de Janeiro. Para isso é necessário reservar o aparelho pelo site citado acima, pois sem a reserva não há garantia de que a venda será realizada.

Por André César

iPhone 6 e iPhone 6 Plus

iPhone 6

iPhone 6 Plus

Fotos: Divulgação


Paguei R$ 300,00 em um celular – disse um conhecido – Comprei pela internet e tem muito mais “coisas” que o iPhone 6. Além de chegar dentro do prazo e na porta da minha casa. O celular em questão é chinês. Nunca ouvi falar da marca, nem quem tivesse um igual. Realmente a configuração era boa, com uma câmera excelente e uma tela de 5”, além de 16 GB de memória. Quando era ligado, passava um pequeno vídeo em alta resolução que parecia que você estava em frente a um pequeno cinema. Fiquei impressionado, ainda mais quando o aparelho em questão custa quase R$ 2.800,00 a menos que o mais cobiçado dos aparelhos.

Um Moto G, um Samsung, um Nokia fariam feio num comparativo com o citado aparelho chinês. Além de muito bonito também, com uma bolsinha aconchegante para guardá-lo, com diversas capinhas diferentes, fones de ouvido e pasmem: uma bateria adicional, além de vir equipado com a última versão do Android.

Perguntei o que faria caso precisasse de manutenção. Ele ficou quieto durante um tempo então eu disse: dificilmente você encontrará uma assistência técnica autorizada e se achar, acho que deve demorar um bom tempo até que você consiga reaver seu aparelho. Ele me respondeu que nem pensava nisso. Que se durasse um ano estava bom, que jogava fora e comprava outro igual. Compro outro. É de se pensar. Os aparelhos chineses com marca desconhecida têm apresentado bons resultados, porém os perigos ainda são grandes e se iniciam no ato da compra. Não temos a certeza de que irá chegar e se a caixa chegar, se o aparelho estará dentro e não um tijolo.

Caso queira experimentar um desses aparelhos, faça através de grandes sites de compras, que garantem a entrega do produto. Com ele em mãos, poderá finalmente saber se vale a pena ou não. Em caso negativo, como o investimento foi baixo, a dica é fazer como nosso amigo: jogar fora e comprar outro.

Por Luciana Viturino

Smartphones chineses

Foto: Divulgação


Grande parte dos consumidores de telefonia celular busca um aparelho que atenda às suas utilidades, porém que caiba dentro de seu orçamento. É abismal a diferença entre preços de aparelhos celulares dentro de uma mesma marca, porém vale lembrar que os smartphones vieram para substituir os simples aparelhos móveis de fazer ligações por máquinas que são computadores compactos.

Existem grandes empresas que dominam o mercado hoje, inclusive com uma competição de mercado claramente declarada. Por exemplo, a Apple, marca internacionalmente conhecida por produzir o iPhone, é responsável pelo suprimento de grande parte do público com seus aparelhos, porém tem um histórico de sempre manter um padrão alto de qualidade em seus aparelhos. Dessa forma, diferentemente de suas concorrentes Samsung e Nokia (recentemente comprada pela Microsoft) a marca possui apenas aparelhos top de linha disponíveis, sendo que, no Brasil, o seu aparelho mais “básico” produzido é o iPhone 5C, que custa mais de mil reais. Ou seja, a Apple não está interessada em ganhar o mercado de classes sociais mais baixas, mas sim de manter a qualidade de seus produtos.

Por outro lado, a Samsung possui aparelhos bem básicos, como o Galaxy Pocket, que concorre com o Nokia Lumia 530, por exemplo. Esses aparelhos certamente foram projetados para atender àqueles consumidores que querem desfrutar de funções de smartphones, como acesso a redes sociais, download de aplicativos, compartilhamento de fotos e vídeos, reprodução de músicas, mas não querem se comprometer financeiramente; esses aparelhos estão disponíveis na faixa de R$ 300 a R$ 400, um valor bem mais baixo quando comparado com o preço do “básico” da Apple.

Mesmo produzindo aparelhos básicos, a Samsung e a Nokia também abrangem um mercado de dispositivos top de linha, como o Galaxy S5 e o Nokia Lumia 930, que contam com os recursos tecnológicos mais avançados, oferecendo câmeras de altíssima resolução, processadores potentes para executar jogos e aplicativos mais pesados e grande espaço de armazenamento de dados. Desta forma, eles podem concorrer diretamente com o iPhone 5S, por exemplo, que é o aparelho mais caro da Apple no momento (no Brasil), enquanto não recebe o iPhone 6.

O consumidor, ao procurar um novo smartphone, deve considerar primeiramente quanto está disposto a desembolsar com o aparelho e então quais serão suas intenções com o telefone.

Por Rannier 

iPhone 5S

Nokia Lumia 530

Fotos: Divulgação


Muitos são os smartphones que estão chegando ao mercado, muitos inclusive oferecem um ótimo preço, mas é preciso ficar atento para não adquirir um smartphone com uma configuração que não atenda às suas necessidades. Mas há vários celulares que custam menos de R$ 700,00 e oferecem uma boa configuração, capaz de atender a grande maioria dos usuários.

O Moto G é um bom exemplo de smartphone bom e barato! Está entre os aparelhos mais vendidos no Brasil e apesar de custar R$ 650,00 oferece uma configuração robusta e muitas vantagens. Roda o sistema operacional Android KitKat 4.4.4, o processador é um quad core 1,2GHz, vem com 1GB de memória e está disponível em duas versões, com 8GB de espaço interno para armazenamento e outra versão com 16GB de espaço interno. A tela é de 5" e a câmera traseira é de 8mp.

O Xperia C é outro modelo que não deixa nada a desejar! O sistema operacional é o Android 4.2.2 Jelly Bean e o processador é um quad core 1,2GHz, com 1GB de memória. Infelizmente, o Xperia C perde no quesito "espaço para armazenamento", pois o modelo disponibiliza apenas 4GB. O modelo pode ser encontrado por R$ 680,00.

O Samsung Galaxy Core 2 é uma versão mais barata da sul-coreana, mas consegue atender a maioria das tarefas dos usuários comuns, como conferir e-mails, acessar redes sociais, conferir as últimas notícias e roda vários aplicativos, desde que sejam mais leves. Mas a memória é de apenas 768MB e o espaço de armazenamento somente 4GB. O visor de 4,5" tem resolução de apenas 480 x 800 pixels. O valor não chega a R$ 600,00 mas o custo-benefício, se comparado com o Moto G não compensa.

E tem a opção do Nokia Lumia 630 que é um smartphone que roda o Windows Phone 8.1. A tela é de 4,5" e o processador um Qualcomm Snapdragon 400 de 1,2GHz. Mas tem somente 512MB de memória. Mas o espaço para armazenamento é de 8GB e pode ser expansível para 128GB através do cartão microSD. Vem somente com câmera traseira e o valor fica na média dos R$ 550,00.

Por Russel

Moto G

Sony Xperia C

Samsung Galaxy Core 2

Nokia Lumia 630

Fotos: Divulgação


A LG entrou no mercado de smartphones com preços mais acessíveis e anunciou o modelo F60 como sua opção para quem deseja ter um bom smartphone com conexão 4G pagando um preço mais em conta.

Apesar desta não ser a sua linha mais popular, a LG escolheu os produtos da linha F para serem os modelos destinados ao mercado com preço reduzido, talvez até como forma de popularizar estes aparelhos. E o F60 será o primeiro a disputar este mercado, entretanto, a LG investiu um pouco mais na configuração do modelo, justamente para atrair os consumidores, por isto ofereceu a rede 4G LTE que hoje está disponível em vários aparelhos que pertencem aos modelos top de linha.

O design do F60 segue o de outras linhas, mais populares e que já foram aprovadas pelo gosto do consumidor, trazendo bordas levemente arredondadas e a parte de trás com uma coloração mais fosca e até um pouco áspera, porém, sem nenhum botão na tampa traseira.

O LG F60 conta com processador Snapdragon quad-core 1.2GHz, 1GB de memória e espaço interno de 4GB ou 8GB. A tela é de 4,5" e a resolução deixou muito a desejar, com apenas 800 x 480 px.

A câmera traseira oferece 5MP e a dianteira 1.3MP. O modelo ainda conta com Bluetooth 4.0, GPS, A-GPS e Wi-Fi.

Destaque para o sistema operacional que já vem atualizado, rodando o Android 4.4.2 KitKat.
Se não fosse a baixa resolução, certamente o LG F60 seria um dos melhores, na linha de menor preço.

Mas o LG F60 conta com outros diferenciais que certamente farão a diferença na hora da escolha pelo consumidor, por exemplo, é possível realizar selfies somente com gestos. O modelo também conta com uma leve luz em volta da tela, como se fosse um flash para as fotos que utilizam a câmera dianteira e tem ainda a ferramenta que realiza a foto quando o usuário toca na tela, só uma vez.

Primeiramente, o F60 da LG chegará à Europa e Ásia, já nas próximas semanas. A LG informou que alguns países das Américas também receberão o F60 já nas próximas semanas, mas não informou quando o modelo chegará aqui no Brasil.

Por Russel

LG F60

LG F60

LG F60

Fotos: Divulgação


Não é preciso desembolsar uma boa quantia para ter um smartphone de qualidade, no mercado, atualmente, existem vários modelos das mais diversas marcas com um desempenho muito bom, se você não quer um top de linha, mas não despensa uma boa configuração, veja abaixo alguns modelos, sendo que seus preços variam entre R$ 1 mil e R$ 1,6 mil.

O Nexus 5, custa em média R$ 1.100, possuiu a versão mais recente do Android puro do Google. Possui um design discreto, não muito diferente de outros modelos no mercado, bom para quem procura um aparelho equilibrado em vários quesitos. Seus pontos fracos são a câmera e a bateria, embora tenham um bom desempenho e possam atender até os mais exigentes. Seu processador é SnapDragon 800 da Qualcomm, mémoria de 2GB RAM, 16GB internos, câmera 8 megapixels com HDR, ele suporta o 4G brasileiro, além de possuir conectividade padrão de WiFi, Bluetooth e NFC. Seu Android tem garantia
de atualização.

O Moto X, custa em média R$ 1.499, e é um dos melhores smartphones Android do mercado. A Motorola é uma das melhores marcas de smartphones, tendo seu outro aparelho, o Moto G, como um dos mais vendidos do mercado.

O Moto X é um aparelho equilibrado, com um preço competitivo. Sua tela tem 5,2 polegadas Full HD, possuiu um sistema de comando de voz muito bom e totalmente em português. Possui a versão mais recente do Android, o 4.4.4 (KitKat). O aparelho ainda traz 2 GB de RAM e 32 GB internos. Sua câmera traseira possuiu 13 megapixels e a frontal 2 megapixels.

O Xperia Z1, custa em torno de R$ 1.500, possui um design arrojado. Este aparelho da Sony foi o primeiro a oferecer corpo à prova d'água e poeira. Traz um excelente desempenho como o Nexus 5, possuem o mesmo processador SnapDragon 800 da Qualcomm e a mesma memória de 2GB RAM e 16GB internos. Mas o Xperia Z1 só suporta um cartão de memória. Sua câmera é superior ao Moto X e ao Nexus 5, tanto no desempenho quanto na resolução, sua câmera de captura de 20,7 megapixels, uma das melhores do mercado.O Android não vem puro, vem com vários app's já pré-instalados que não podem ser excluídos.

O Galaxy S4, também está na faixa de R$ 1.500, o preço do S4 foi abatido após 1 ano no mercado, mas ainda oferece excelentes configurações. A tela FullHD com tecnologia AMOLED, seu desempenho é muito bom, suporta o 4G brasileiro, memória 2GB RAM e 16GB internos, além de possuir entrada para cartão de memória. O desempenho de sua câmera também é muito bom, possui 13 megapixels com ótima resolução, mesmo com fotos com pouca luz. Gravação de vídeos em 1080p bate de frente com os atuais tops de linha. Há muitos recursos de software da Samsung, mas podem ser um pouco confusos para os usuários.

O Lumia 1020, custa em torno de R$1.600, e é um dos melhores no quesito câmera, para aqueles que procuram um bom celular, mas com uma câmera melhor ainda, este é o aparelho certo. Seu sensor, é o poderoso PureView com incríveis 41 megapixels e sistema de estabilização de imagens, que permite fazer gravações e tirar fotos sem tremer. Em questão a configuração, seu hardware é inferior aos demais, já que possui um processador dual-core e o ultrapassado Adreno 225 para gráficos. Com 2GB de RAM, o Lumia consegue rodar com facilidade o Windows 8 que pode ser atualizado para o 8.1, possui 32GB internos, mas não pode expandir a memória. 

Por Camilla Batista

Nexus 5

Nexus 5

 

Moto X

Moto X

Sony Xperia Z1

Sony Xperia Z1

 

Samsung Galaxy S4

Samsung Galaxy S4

 

Nokia Lumia 1020

Nokia Lumia 1020

Fotos: Divulgação


Já pensou em comprar um smartphone da Apple, mas achou o custo alto?  Uma boa novidade: a marca já reduziu os preços no Brasil em até R$ 600,00 de alguns aparelhos.

A marca já informou que fez a redução dos valores dos smartphones que são vendidos no país. Devido à futura entrada no mercado brasileiro dos smartphones iPhone 6 e o iPhone 6 Plus, o iPhone 4S e o iPhone 5C tiveram um corte nos custos que variam de R$ 200,00 a R$ 600,00 na loja da Apple no Brasil, a Apple Store.

Devido às mudanças, o iPhone 4S de 8 GB de disco passou de R$ 1.299,00 para R$ 1.099,00. Perceberam a diferença? O valor diminuído foi de R$ 200,00. Outra redução que chamou a atenção foi referente ao iPhone 5C, que também possui 8 GB, que custava R$ 1.999,00 e agora tem o valor de R$ 1.499,00. Ou seja, uma redução que equivale a R$ 500,00 no preço sugerido.

Porém, a marca ainda não soube informar se mais algum produto deve ter o preço reduzido, além dos celulares. Mas, já é um bom começo para quem almeja comprar um smartphone da marca.

Nos Estados Unidos, os aparelhos também tiveram um preço reduzido. Com a presença do iPhone 6 no mercado, a versão inicial do iPhone 5S custaria a partir de US$ 99,00 e o modelo iPhone 5C sairia de graça com o contrato pós-pago nos Estados Unidos.

Outra novidade é que os aparelhos de pré-venda do iPhone 6 já começaram a ser vendidos  desde o dia 19 de setembro. A expectativa é que o novo smartphone chegue a 115 países até o fim de 2014.

Nos Estados Unidos, ele deve custar cerca de US$ 199,00 a versão de 16 GB. A de 64 GB deve ser de US$ 299,00 e a de 128 GB pode chegar a US$ 399,00. Ainda não se sabe quando o novo iPhone chega ao Brasil. Está ansioso para conhecer?  

Por Babi

iPhones

Foto: Divulgação


Estadunidenses ligados em tecnologia e que apreciam um celular de qualidade devem ficar atentos, pois a Amazon baixou o preço do smartphone Fire Phone, que possui entre suas principais características a tela 3D. A empresa está comercializando o Fire Phone a US$ 1,00 nos Estados Unidos. A exigência, como corriqueiramente ocorre nessa espécie de oferta, possui relação com fidelidade, para adquirir o aparelho ao preço de US$ 1,00 é preciso aceitar uma assinatura de, no mínimo, dois anos com uma operadora de telefonia móvel, especificamente a AT&T.

A taxa mensal na AT&T é de US$ 60,00, o equivalente a cerca de R$ 135,00. Anteriormente, o gadget era comercializado com um plano parecido por US$ 200,00, em média R$ 450,00.

Caso o comprador não queira esta condição de fidelidade, o aparelho celular, com armazenamento interno de 32GB, pode ser adquirido por US$ 450,00, em média R$ 1.015,00. Uma promoção semelhante a esta nos Estados Unidos também foi utilizada para a venda do iPhone 5C.

Características do smartphone:

O Fire Phone possui tela HD de 4,7 polegadas, 2 GB de memória RAM, acabamento em alumínio, GPU Adreno 330 e processador quad-core Qualcomm Snapdragon 800 com clock de 2,2 GHz. Além dessas características, o que o diferencia é a tela 3D. Quatro sensores são responsáveis por gerar as imagens tridimensionais. Eles ficam localizados na parte frontal do Fire Phone, de forma que acompanham os olhos do usuário visando mostrar uma perspectiva dinâmica. Outra característica curiosa é a tecnologia infravermelha, fazendo com que os mesmos sensores funcionem em locais escuros. O sistema operacional do Fire Phone é o Fire OS, semelhante ao Android – o mesmo sistema é utilizado nos tablets da Amazon.

A Amazon não comercializa dispositivos móveis no Brasil, com exceção do Kindle, portanto não foi divulgada data para a chegada do smartphone no país. Porém, recentemente a Amazon lançou a venda de livros físicos no Brasil, a esperança é que o comércio estenda-se também aos smartphones. 

Por Rafaela Fusieger

Amazon Fire Phone

Amazon Fire Phone

Foto: Divulgação


Quem tem um celular sabe que não faz diferença se o aparelho é pré ou pós-pago, o valor da ligação para um número de uma operadora diferente da sua é custoso. Visando mudar a atual situação, a Agência Nacional de Telecomunicações – Anatel – aprovou uma medida em que as ligações deste tipo se tornem mais baratas, contudo essa não é uma medida imediata e a redução ocorrerá de forma gradativa.

O acordo será firmado até 2019 e prevê que o valor de Remuneração de Uso de Rede da telefonia móvel seja reduzido em até 90% se levarmos em consideração os preços atuais. A redução será possível, pois uma empresa utiliza a rede da outra para concluir a chamada, sendo esta uma prática comum em ligações de operadoras diferentes. O acordo diminuirá este valor e este será repassado ao consumidor, diminuindo o preço cobrado pelas empresas.

A Anatel afirmou em nota: “Esta redução de preços de interconexão deverá se refletir nos preços dos serviços de telefonia ofertados pelas empresas ao consumidor, pois haverá aumento de competição no setor”. Dessa forma, é esperado que o preço das ligações entre as prestadoras se assemelhe ao cobrado em ligações entre a mesma operadora, assim será dispensado o uso de mais de um chip, comum atualmente devido às promoções para ligações entre aparelhos da mesma operadora.

A redução irá desencadear uma diminuição nos preços praticados também nas linhas fixas, o que aumentará os benefícios para os usuários. Contudo a mudança ocorrerá aos poucos e dificilmente o consumidor irá notar a diferença rapidamente. As empresas de telefonia por outro lado não serão afetadas pela iniciativa. Tendo em vista que o corte não está ligado ao lucro das empresas e sim no custo da operação. Agora é só esperar para saber se essa determinação da Agência será mantida, afinal, as multas e punições que ela aplicou não foram cumpridas pelas prestadoras. 

Por Robson Quirino de Moraes


O iPhone tem se tornado um dos maiores sonhos de consumo da classe média. A Apple tem como característica principal a criação de produtos modernos e caros, que muitas vezes são destinados apenas a uma classe específica da população. Esse pensamento da companhia pode ter funcionado bem durante bastante tempo, mas com a concorrência de outras grandes empresas, ele simplesmente se tornou algo insustentável.

Assim como os famosos McBooks e os iPods, o iPhone também não é diferente. Na época de seu lançamento, ele foi o smartphone mais caro de sua categoria, apenas por possuir o logotipo da maçã estampado em sua traseira.

Na última versão do gadget, a Apple se mostrou disposta a produzir uma versão mais barata, sem tantos recursos. O resultado dessa jogada foi simplesmente desastroso, com a criação de um aparelho cem dólares mais barato, de plástico e sem as novidades interessantes que o modelo principal oferecia.

A diferença entre os modelos 5C e 5S é absurdamente grande e reduz de maneira significativa a experiência do usuário com o gadget. Embora fosse, à época do lançamento, apenas 100 dólares mais caro, o modelo 5S possuía um exclusivo leitor de digitais, carcaça de metal e diversas outras melhorias frente ao seu irmãozinho colorido de plástico.

Agora, perto da chegada do iPhone 6, a Apple começa a produzir versões ainda mais simples do modelo 5C, com apenas 8 GB, para tentar alavancar as vendas e preparar o mercado para o seu novo top de linha. Talvez essa não seja a melhor ideia de negócio para o consumidor. Com 8 GB de armazenamento e sem a capacidade de utilizar um cartão SD, o que o usuário poderia realmente armazenar no aparelho? Os aplicativos da atualidade estão cada vez mais pesados e dominam boa parte da memória dos smartphones. Com 8 GB o usuário poderia armazenar alguns poucos filmes, apps essenciais, algumas músicas e pronto. Lá se vai a utilidade do iPhone.

A versão de tamanho reduzido de armazenamento ainda não chegou por aqui, mas isso é questão de tempo. Talvez o consumidor faça um melhor negócio ao guardar o dinheiro e investir numa versão top de linha do aparelho, já que o lançamento do iPhone 6 deve ocorrer ainda este ano.

Por Ebenezer Carvalho

iPhone 5C de 8GB

Foto: Divulgação


Parece que a Apple irá investir emcelulares de plástico coloridospara expandir mercado econquistar mais países. Disponível em cinco cores (verde, azul, amarelo, rosa e branco), o iPhone 5c possui o mesmo desempenho do iPhone 5, porém, em uma estrutura de plástico envolta em metal.

Em termos de resolução, o smartphone não deixa a desejar tela de altíssima resolução e câmera de 8MP. A grande sacada é a boa compatibilidade com as redes brasileiras.

Em termos de custo benefício, o celular não apresenta um preço tão bom em relação às vantagens. Não tem muita novidade na fluidez de interações online, apenas no design.

Na faixa de R$ 2.000,00, o modelo não deve competir com smartphones que apresentam desempenho semelhante com um preço mais acessível. A falta de entrada para cartão de memória e a pouca durabilidade do plástico também podem ser apontados como desvantagens do modelo.

Porém, para os aficcionados em games, o 5c pode ser uma opção, já que é equipado com um chip A6 de 32 bits e processador dual core, o que permite vídeos, fotos e jogos de última geração em ótima qualidade. 

Para quem prioriza a qualidade de foto e vídeo, a novidade é o "modo disparo contínuo", que pode ser facilmente ativado no botão de captura. A lente é capaz de registrar imagens em uma velocidade incrivelmente rápida sem perder qualidade. A câmera frontal tira fotos com 1,2 MP de resolução. Já a câmera traseira possui lente de cristal de safira, o que diferencia a Apple da concorrência neste quesito.

A bateria possui durabilidade média de 4 horas, porém, isso irá depender diretamente do quanto você utiliza jogos e deixa aplicativos em contínuo funcionamento. Mesmo uma pessoa que utiliza o wi-fi e o bluetooth ao mesmo tempo,  não deve se preocupar tanto com a economia de bateria, pois o aparelho não esquenta e não perde desempenho.

Os aplicativos fornecidos gratuitamente na Apple Store possuem boa usabilidade mas ainda são limitados aos modelos Apple. iBooks, iTunes, Find my Friend, Find my iPhone, iMovie e o Keynote são largamente utilizados e permanecem no topo em avaliações feitas por usuários.

A verdade é que o 5c é bem semelhante ao iPhone 5, porém, com design inovador. Os diferenciais de tela e desempenho foram reservados ao 5s. A dica é analisar sempre o smartphone que irá suprir as suas necessidades pela melhor relação custo-benefício.

Not?cias.


Estudos comprovam que utilizar celulares pré-pagos pode sair até 130% mais caro. A pesquisa foi feita pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) e o objetivo era comemorar o Dia do Consumidor. Entretanto, a notícia surpreendeu muitos clientes, uma vez que consideraram os preços e serviços publicados como exorbitantes.

Algumas empresas de telefonia não forneceram dados sobre o serviço e os resultados mostraram as diferenças de preços cobrados pelas quatro principais operadoras de telefonia móvel: Claro, Oi, TIM e Vivo. Dentre elas, a Oi é a que possui o valor mais barato do grupo, com diferenças de até 35%. Em seguida, tivemos a TIM, com o plano pré-pago Infinity Pré, cujo valor por minuto é de R$ 1,59 e o plano mais barato é de R$ 49. Entretanto, a diferença do pré-pago para o pós-pago foi de 55,8%.

A Vivo, uma das operadoras mais conhecidas no país e que funciona em praticamente todos os estados brasileiros apresentou variação de 58% no preço do minuto do pré-pago e do pós. Para quem aderiu ao plano, ele pode sair a partir de R$ 61, enquanto nos celulares pré-pagos o minuto é cobrado por R$ 1,56.

Por fim, temos a Claro, operadora que tem contado com inúmeras reclamações nos últimos meses e foi a que apresentou variação de 132% se compararmos os dois planos, ou seja, é a que teve o valor do minuto mais caro. No plano Toda Hora, o preço no pré-pago sai por R$ 1,60, no caso de ligações para telefones fixos e para outras operadoras. Entre celulares Claro, o preço é de R$ 1,56. Quem opta por ter um telefone móvel pós-pago, o valor da mensalidade pode sair por R$ 89. Desta forma, é importante que o usuário saiba qual tipo de celular sairá mais barato e qual o tipo de plano mais rentável para seu bolso. 

Por Luciana Viturino

Celular

Foto: Divulgação


Para os fãs do Google temos uma boa notícia. Ao que parece, o preço do novo smartphone da companhia, Nexus 5, deve chegar ao mercado americano custando cerca de US$ 399. O preço é bem justo se considerarmos os valores de concorrentes com o mesmo hardware atualmente. Além disso, o aparelho deve vir já com o mais novo sistema operacional da companhia, o Android 4.4 KitKat, que possui diversas modificações em relação à versão atual.

O suposto preço deve ser para o aparelho com capacidade de armazenamento de 16GB. Já a versão com capacidade de 32GB deve sair por cerca de US$ 449, o que equivale a R$ 978 sem a adição de eventuais impostos.

Nexus 5

Foto: Divulgação

O Google investiu em um aparelho de ponta, tanto em software quanto em hardware e seu principal diferencial em relação às outras companhias é o preço. Somente a nível de comparação, o iPhone 5S é vendido nos EUA por US$ 650 fora de um contrato com operadoras.

Embora a notícia possa parecer animadora, é necessário aguardar o lançamento oficial do dispositivo para comemorar. Rumores antigos sobre o aparelho davam conta de um valor ainda mais baixo, de US$ 299 para a versão de 16GB nos EUA, mesmo preço da versão 4 atualmente. Resta apenas aguardar o lançamento no Brasil para sabermos o quanto a adição de impostos vai encarecer o produto final.

Por Ebenézer Carvalho


iPhone 5CA Apple lançou há algumas semanas a mais nova versão do iPhone em duas edições diferentes, conhecidas como 5S e 5C.

A versão 5S é mais cara, possui a clássica estrutura metálica do aparelho e ainda vem com um leitor biométrico e hardware levemente melhor. Já a versão 5C foi designada para um público mais enxuto e não possui o leitor biométrico além de vir com uma capa de plástico em diversas cores diferentes.

Poucas semanas após seus lançamento, o aparelho já é vendido com descontos em vários países. A China agora passou a disponibilizar versões do modelo 5C por USD $604. O aparelho antes era vendido por cerca de USD $733. Segundo o periódico chinês Caijing, isso acontece devido às características relativamente inferiores do aparelho em comparação ao seu irmão mais charmoso, o iPhone 5S.

A maioria dos consumidores da Apple tem uma preferência por produtos top de linha e o 5S com hardware mais potente e um leitor biométrico pode atrair mais os consumidores, fazendo as vendas do modelo 5C caírem ao ponto de ser necessária uma redução de seus valores.

Esse comportamento pode ser observado também em vários outros mercados ao redor do mundo, inclusive nos EUA. No entanto, é possível que o lançamento de dois modelos simultaneamente tenha sido uma estratégia da empresa para alavancar as vendas e atingir um público “de entrada”, assim, como já fazem a maioria das suas concorrentes do setor, algo que parece estar funcionando muito bem para a Apple.

Por Ebenézer Carvalho


Moto XOs preços dos celulares no Brasil ainda estão um pouco acima do desejado pelos consumidores, principalmente quando se trata dos smartphones de última geração.

Pensando nisso, a Motorola baixou o preço do Moto X que foi lançado em 2012 em parceria com o Google, dispositivo que passou a ser vendido no início de setembro. O valor foi de R$ 1.799 para R$ 1.499 na loja online da marca. Algumas lojas do varejo já estão seguindo a mudança.

A fabricação do lançamento aconteceu após a compra do Google em agosto de 2011. Este é o primeiro smartphone 100% da empresa mundial.

A Motorola, comprada por US$ 12,5 bilhões, alterou alguns detalhes do aparelho. Mas, ele chega com sistema Android 4.2 (Jelly Bean), com tela de 4,7 polegadas e resolução de 1.280 x 720 pixels. O novo celular ainda conta com processador 1.7 GHz, 2GB de RAM, 16 GB de espaço interno, câmera traseira de 10 megapixels e frontal de 2MP (ambas gravam em Full HD), bateria de 2.200mAh, NFC, Bluetooth 4.0 e suporte para rede 4G.

Além disso, o Moto X vem com um recurso chamado Moto Maker, que permite sua customização na hora da compra. Mas, essa novidade ainda não está disponível aqui no Brasil.

Por Jaime Pargan


Mesmo os celulares de modelos mais simples merecem a atenção. Primeiro porque muitos consumidores devem ser respeitados ao comprarem um aparelho simples por opção e segundo porque mesmo com tantos lançamentos de modelos e gêneros, tudo partiu do objetivo básico que antecede a evolução da sua carcaça.

Cada vez mais esses modelos simples surgem no mercado com um design muito particular e contam com um  bom desempenho para diversas funções. Entre elas: o acesso às redes sociais, resolução da câmera e diversidade para o uso de várias operadoras ao mesmo tempo.

Os modelos da linha Multicolor, da Venko Celulares, apresenta o Jeri Búzios e o Jeri Garopaba com estampas bacanas e muito modernas na parte traseira.

Estas versões brasileiras podem ser ótimos presentes para aquele pai ou aquela mãe que não fazem questão alguma entre um celular e um smathphone.

A chinesa ZTE trouxe no ano passado os modelos dos personagens Barbie e Garfield, preferidos do público infantil  e adolescente que nem sempre precisam ter tanta tecnologia em mãos. Esses dois modelos têm capacidade para dois chips e ambos vêm desbloqueados.

Os preços médios de todos os modelos citados variam entre R$ 148,00 e R$ 260,00.

Para quem quer apenas o aparelho de atender ligações, vale a pena conferir os  novos modelos cada vez mais diferenciados e com baixo custo que estão sendo lançados no mercado.  

Por Luciana Ávila


iPhone 5No país dos impostos onde tudo custa uma fortuna já era de se esperar que o preço do novo iPhone fosse ser bem salgado, o que ninguém esperava é que esse “caro” fosse superar a casa dos R$ 2.000.

Com seu valor de proporção inverso ao seu tamanho, o novo iPhone 5 bate facilmente o preço de diversos televisores e espantosamente de muitos notebooks e netbooks do mercado.

Para comprar um iPhone, o consumidor brasileiro que optar pelos meios legais terá que desembolsar nada menos do que R$ 3.000, quantia essa que facilmente compra dois XBOX ou mesmo a entrada de qualquer financiamento de carro do mercado.

Como era de imaginar também os Estados Unidos estão na outra ponta desta lista, recebendo o título de país que possui o iPhone sendo vendido pelo menor preço, em seguida o Canadá e encostado no Brasil, dividindo o título de careira do ano, vem a Itália.

Conheça a lista com os 5 países que possuem o iPhone 5 mais caro do mundo:

1º – Brasil: R$ 2.500;

2º – Itália: R$ 1.900;

3º – Portugal: R$ 1.850;

4º – México: R$ 1.830;

5º – Alemanha: R$ 1.800.

Por Fernando Setoue


iPhone 5No país dos impostos onde tudo custa uma fortuna já era de se esperar que o preço do novo iPhone fosse ser bem salgado, o que ninguém esperava é que esse “caro” fosse superar a casa dos R$ 2.000.

Com seu valor de proporção inverso ao seu tamanho, o novo iPhone 5 bate facilmente o preço de diversos televisores e espantosamente de muitos notebooks e netbooks do mercado.

Para comprar um iPhone, o consumidor brasileiro que optar pelos meios legais terá que desembolsar nada menos do que R$ 3.000, quantia essa que facilmente compra dois XBOX ou mesmo a entrada de qualquer financiamento de carro do mercado.

Como era de imaginar também os Estados Unidos estão na outra ponta desta lista, recebendo o título de país que possui o iPhone sendo vendido pelo menor preço, em seguida o Canadá e encostado no Brasil, dividindo o título de careira do ano, vem a Itália.

Conheça a lista com os 5 países que possuem o iPhone 5 mais caro do mundo:

1º – Brasil: R$ 2.500;

2º – Itália: R$ 1.900;

3º – Portugal: R$ 1.850;

4º – México: R$ 1.830;

5º – Alemanha: R$ 1.800.

Por Fernando Setoue


iPhone 5No país dos impostos onde tudo custa uma fortuna já era de se esperar que o preço do novo iPhone fosse ser bem salgado, o que ninguém esperava é que esse “caro” fosse superar a casa dos R$ 2.000.

Com seu valor de proporção inverso ao seu tamanho, o novo iPhone 5 bate facilmente o preço de diversos televisores e espantosamente de muitos notebooks e netbooks do mercado.

Para comprar um iPhone, o consumidor brasileiro que optar pelos meios legais terá que desembolsar nada menos do que R$ 3.000, quantia essa que facilmente compra dois XBOX ou mesmo a entrada de qualquer financiamento de carro do mercado.

Como era de imaginar também os Estados Unidos estão na outra ponta desta lista, recebendo o título de país que possui o iPhone sendo vendido pelo menor preço, em seguida o Canadá e encostado no Brasil, dividindo o título de careira do ano, vem a Itália.

Conheça a lista com os 5 países que possuem o iPhone 5 mais caro do mundo:

1º – Brasil: R$ 2.500;

2º – Itália: R$ 1.900;

3º – Portugal: R$ 1.850;

4º – México: R$ 1.830;

5º – Alemanha: R$ 1.800.

Por Fernando Setoue


O mercado receberá um novo smartphone de baixo custo lançado pela fabricante chinesa Neo. O modelo, batizado de N003, será o primeiro aparelho deste tipo a contar com tela Full HD de 5,3 polegadas. O smartphone contará com um hardware bem razoável e custará apenas US$ 144, aproximadamente R$ 280.

A empresa falou que o produto ainda contará com uma versão mais cara, que será vendida por US$ 241, algo em torno de R$ 470. O poderoso xing-ling trará processador quad-core MediaTek 6589 de 1,3 GHz, memória RAM de 1 GB, armazenamento interno de 8 GB, bateria de 3.000 mAh e câmera de 13 megapixels. Até o momento a companhia não informou qual será a diferença entre a versão top de linha e a versão de entrada.

Apesar do ótimo custo x beneficio que o aparelho apresenta, ele não chegará ao mercado brasileiro, ao menos por meios legais, já que a fabricante não atua no país.

De qualquer forma, o smartphone será uma ótima opção quem procura um aparelho com tela Full HD, tendência no ano de 2013. A Neo ainda não divulgou qual será a data de lançamento do N003, mas novidades deverão surgir ao longo das semanas.

Por Felipe Santos Bonfim


No último dia 29 de janeiro a Samsung apresentou o Galaxy Express, o novo membro da família de smartphones Android da companhia.  

O aparelho traz uma tela de 4,5 polegadas com uma das melhores tecnologias já lançadas para displays LED, o Supler Amoled Plus.

O Galaxy Express conta com um design bem semelhante ao do Galaxy S3, e pode ficar entre o top de linha e sua versão com tela menor, o S3 Mini, sendo classificado como um aparelho intermediário. Apesar da tela, o smartphone não traz um hardware muito potente, mas por outro lado ele pode chegar ao mercado com um preço mais acessível.

De acordo com a Samsung, o novo modelo trará um processador dual-core de 1,2 GHz, armazenamento interno de 8 GB, sistema operacional Android 4.1 e câmera de 5 megapixels, especificações bem parecidas com a do Galaxy S2. Além do design, o Galaxy Express traz também o S-Beam utilizado no Galaxy S3, o aplicativo utiliza a tecnologia NFC para realizar transferência de dados.

Além disso, o Galaxy Express traz a interface TouchWiz UX, e o All-Share, que realiza transferência de dados entre aparelhos da Samsung.  

Até o momento, a companhia ainda não informou quando o smartphone chegará ao mercado e nem mesmo preço sugerido foi revelado.

Por Felipe Santos Bonfim


O site E-Bit realizou pesquisa com relação ao e-commerce no Brasil e registrou, durante o primeiro semestre de 2012, um montante expressivo de 30 milhões de encomendas feitas às lojas virtuais que foi um valor 20% mais alto do que o mesmo período do ano anterior.

Com isso, o e-commerce se consolida como um dos mercados potenciais do Brasil tendo a expectativa de faturar R$22,5 bilhões no ano de 2012.

Ao ser comparado com outros países da América Latina, o e-commerce brasileiro representa 59,1% das transações nesta parte do mundo.

Deste global de negócios, segundo a Câmara -e.net (Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico) apenas 20% das movimentações do setor são de pequenas e médias empresas as quais, muitas vezes, não possuem know how tecnológico e conhecimentos específicos para atuar nesta área específica.

Apesar disso, o crescimento cada vez maior da quantidade de consumidores virtuais e o imenso mercado disponível no e-commerce são potencialidades interessantes para o desenvolvimento cada vez maior desta área econômica.

Por Ana Camila Neves Morais


Como era de se esperar, o novo smartphone da Apple chega ao Brasil com o preço muito mais elevado do que nos demais países.

Os valores anunciados para o iPhone 5 no mercado brasileiro vão de R$ 2.399 a R$ 2.999, sendo R$ 500 mais caro que a versão italiana do smartphone, que hoje é o segundo modelo mais caro do mundo.

Conforme uma lista publicada pelo site IDGNow, de fato o Brasil possui o aparelho mais caro do mundo. Além disso, como já era notável, o modelo mais barato encontra-se nos Estados Unidos, pelo preço de mais ou menos R$ 1.355.

A TIM, quando divulgou a chegada do iPhone 5 na sua rede de lojas, comunicou que o aparelho custará R$ 2.399 no modelo com 16GB de capacidade de armazenamento interno e R$ 2.699 no modelo com 32GB. Ainda com o valor alto, os preços cobrados são inferiores aos do iPhone 4S quando este chegou ao Brasil, porém são bastante superiores ao Samsung Galaxy S3, que custava R$ 2.100 no seu lançamento.

Os dez primeiros países que cobram mais caro pelo iPhone 5 são: Brasil, Itália, Portugal, México, Alemanha, França, Áustria, Nova Zelândia, Espanha e Luxemburgo.

Por Guilherme Marcon


Depois da crise vem a bonança. Após confirmar que não andava boa das pernas, a Nokia resolveu investir novamente no mercado dos smartphones de baixo custo. Com isso, lançou o novo Lumia 510, aparelho que roda o Windows Phone 7.5. Sua criação visa atender às necessidades daqueles que não pretendem gastar uma quantia elevada em um smartphone.

Ele (Lumia 510) foi criado para substituir o Lumia 610 em seu mercado de aparelhos de baixo custo e conta com características modestas, como por exemplo, sua tela de 4 polegadas (resolução 800×480), memória de 256 MB, câmera de 5 megapixels, além de contar com uma memória interna de 4 GB.

Para complementar as características modestas, a fabricante colocou à disposição complementos como alguns aplicativos em pré-instalação, tais como: Internet Explorer 9, Microsoft Office, Nokia Maps, entre outros. O aparelho poderá ser comprado com as seguintes cores disponíveis: preto, vermelho, branco, amarelo e azul.

De acordo com as informações divulgadas, o novo smartphone começará a chegar às lojas a partir de novembro. Os mesmos já são vendidos nos EUA com valor estimado em US$ 199 ou R$ 407,00.

Para sua comercialização aqui no Brasil, o valor não foi divulgado. 

Por Renato Benevenuto


A linha Asha, da Nokia, já é bastante famosa por possuir uma grande variedade de aparelhos com ótima qualidade, e recentemente ela recebeu dois novos modelos para integrar a equipe.

Os novos produtos foram batizados de Asha 309 e 308 e chegarão até o final do ano ao mercado custando aproximadamente US$ 100 cada.

Os dois aparelhos são bem parecidos em suas especificações, a diferença é que o Asha 308 possui entrada para dois SIMcard e o Asha 309 possui conexão Wi-Fi, diferente do 308 que não tem acesso a rede Wireless.  

Os dois tem tela de 3 polegadas com touchscreen, plataforma móvel  S40 e câmera de  2 megapixels.

Rumores afirmam que os dois modelos vendidos por menos de R$ 200 são muito importantes para que a Nokia consiga competir com todos os aparelhos de baixo custo que contam com sistema operacional Android.

A analista da Garther, Carolina Milanesi, afirmou que manter ou conquistar  um usuário que está adquirindo seu primeiro aparelho em um mercado tão concorrido oferece a Nokia um consumidor fiel para os anos seguintes. Essa tem sido a receita da companhia para dominar o mercado.

A previsão é que os dois novos integrantes da linha Asha sejam lançados até o final deste ano, porém não há nenhuma  informação sobre a chegada deles ao mercado nacional.

Por Felipe Santos Bonfim


Todo mundo sabe que a disputa entre a Apple e a Samsung é bastante intensa principalmente no mercado de smartphones e tablets. E para evidenciar ainda mais isso, a sul-coreana resolveu baixar o preço do Samsung Galaxy S3 após o lançamento do iPhone 5.

O novo Galaxy é o principal concorrente do iPhone e é tão bom quanto, mas na tentativa de conquistar clientes que iriam adquirir um smartphone da Apple o preço do S3 caiu para U$ 99 (cerca de R$ 200) na versão com 16 GB. O valor pode ser conferido no site da Amazon, porém ele só é válido na aquisição do aparelho vinculado a um plano da operadora de telefonia Sprint.

O aparelho desbloqueado sai pelo valor de U$ 600, mais ou menos R$ 1.200 sem impostos, e ainda assim é mais barato que o iPhone. Mas, com a redução brusca de valor, provavelmente muitas pessoas pensarão duas vezes antes de adquirir o iPhone. Atualmente, o iPhone 4S custa U$ 649 no modelo de 16 GB desbloqueado e tudo indica que o novo iPhone 5 custará este mesmo valor e o preço do 4S cairá.

Para os consumidores que vivem nos Estados Unidos, a oportunidade realmente é muito boa, pois o aparelho está com preço abaixo da média, principalmente por ser um top de linha. Porém, não sabemos se a Apple não buscará alguma estratégia semelhante para vender o iPhone 5 por um valor equivalente.

Por Guilherme Marcon


Os smartphones deverão ter seus preços reduzidos. Ao menos esta é a ideia do Ministério das Comunicações, que pretende isentar este tipo de aparelho dos impostos.

De acordo com a declaração feita pelo Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que durante um encontro com líderes empresariais, falou que os smartphones deverão ser enquadrados na Lei do Bem.

O Ministro falou que o Brasil está produzindo somente celulares 2G e não produz smartphones. Sendo assim, o plano é colocar os smartphones na Lei do Bem, da mesma maneira que é feita com os computadores atualmente.

Paulo Bernardo ainda revelou que o plano é colocar a medida em vigor até o final de 2012, bem na época de Natal, o que fará com que os produtos comercializados no mercado nacional sofram certo impacto. Ele ainda lembrou que a medida provisória que contempla os smartphones com a Lei do Bem foi aprovada no início de julho deste ano e deverá ser sancionada pela presidente Dilma Rousseff em breve.

O Ministro acredita que todos os aparelhos desta categoria que forem isentos de impostos deverão ter seus preços girando em torno de R$ 400, para os aparelhos mais intermediários, e os aparelhos mais simples deverão custar mais ou menos R$ 200.

Por Felipe Santos Bonfim


Os consumidores brasileiros já podem encontrar o Samsung Galaxy S III à venda nas lojas da cidade de São Paulo.

O modelo da Samsung é o principal adversário do iPhone, da Apple, e, por enquanto, está disponível em poucas lojas. As cores oferecidas são branco e grafite e os preços ficam entre R$ 1.999,00 e R$ 2.099,00.

O novo produto da linha Galaxy possui câmera de 8MP, tela Amoled de 4,8 polegadas e processador de 1,4GHz. O peso do aparelho é apenas 133 gramas e um dos seus destaques é a velocidade de seu processamento. O novo aparelho contém quatro núcleos e ainda possui a mais nova versão do Android, conhecida por 4.0 ou por Ice Cream Sandwich.

Outras funcionalidades do aparelho são o reconhecimento de voz, expressões e gestos, fazendo com que o Galaxy S III seja desligado no momento em que o usuário não está olhando para a tela do dispositivo. Além disso, a câmera integrada consegue capturar até 20 imagens em sequência e simultaneamente, permitindo maior variabilidade de posições de um mesmo cenário.

A partir do dia 11 de junho, o Galaxy S III pode ser encontrado em toda a área varejista.

Por Matheus Camargo

Fonte: Samsung


A Nikon lançou, sem grandes alardes no mercado brasileiro, a nova Nikon J1, modelo que faz parte da terceira geração de equipamentos da fabricante japonesa.

A nova câmera veio com a ideia de dar liberdade para o usuário quando captura imagens, além de trazer qualidade em fotos, vídeos e multimídia.

As configurações só nos mostram que a câmera realmente é poderosa: Lentes intercambiáveis, com distância focal de aproximadamente 2.7x e 10.1 milhões de pixels efetivos. As mídias utilizáveis para armazenamento são SDXC, SD e SDHC.

Para completar, o novo equipamento da terceira geração tem visor LCD, obturador eletrônico e capacidade de fazer vídeos Full HD 1920 x 1080/60i. Além disso, são vinte e dois idiomas suportados, incluindo o português, e a câmera pesa apenas 234 gramas.

A Nikon J1 está sendo vendida nos Estados Unidos com preço médio sugerido de US$ 650 e no site da Amazon.com, a câmera na configuração básica que possui lente 10-30 mm sai pelo preço de US$ 580,99 (aproximadamente R$ 1.051,00), porém no varejo brasileiro a câmera com as mesmas configurações está sendo vendida por R$ 3.499,00.

Os altos valores podem até compensar as superconfigurações da Nikon J1, que pode ser comprada com kit lente única, grande angular com duas lentes ou zoom com duas lentes.

Por Guilherme Marcon


Para quem procura mais informações sobre o novo iPhone 4S, hoje trazemos a vocês alguns preços e planos nas operadoras aqui do Brasil. O novo smartphone estará disponível a partir do dia 16 de dezembro.

A Claro anunciou que venderá o novo iPhone 4S a partir de R$1.299,00 no plano pós-pago que custa 220 reais mensais, sendo que o preço pode variar conforme a capacidade do aparelho e o plano.

A Tim já havia divulgado seus preços para modelos pré-pagos: R$ 2.500,00 (modelo de 64 GB), R$ 2.200,00 (modelo de 32 GB) e R$ 1.900,00 (modelo de 16 GB).

No plano Tim Liberty, o modelo de 64 GB pode ser encontrado pelo valor de R$ 248,00 mensais (R$ 39,00 do plano + R$ 209,00 do aparelho). Já a versão de 16 GB pode ser adquirida por apenas R$ 198,00 mensais (R$ 39,00 do plano + R$ 159,00 do smartphone), enquanto o modelo de 32 GB sai por R$ 223,00 mensais (R$ 39,00 do plano + R$ 184,00 do aparelho). Caso o cliente queria ter internet, será necessário contratar o plano Liberty Web Smart, que custa R$ 30,00 por mês.

Na Oi, para clientes pré-pagos a versão de 16 GB será oferecida por R$ 2.000,00, a de 32 GB sairá por R$ 2.269,00 e a de 64 GB custará R$ 2.700,00. Já os clientes pós-pagos podem adquirir o aparelho de 16 GB por 12 parcelas de R$ 207,00 no plano Oi à vontade (que custa R$ 35,00 mensais).

A Vivo ainda não informou os valores do smartphone. Além disso, vale lembrar que pela primeira vez no país também será possível comprar o aparelho desbloqueado na loja da Apple.

Por Tiago Batista


O mais novo smarthphone da Apple, o iPhone 4S, começará a ser vendido no Brasil a partir do próximo dia 16 de dezembro. Os valores vão de R$ 1.899 a R$ 2.700 nos planos da Oi e da TIM, de acordo com o divulgado pelas operadoras na última sexta-feira (09/12).

Na TIM, o modelo de 16 GB será vendido por R$ 1.899, podendo ser dividido em três vezes, na modalidade pré-paga. Da mesma forma o modelo de 32 GB vai custar R$ 2.199 e o de 64 GB, R$ 2.499. No plano TIM Liberty, os preços são similares, porém a condição de pagamento poderá se estender até 12 vezes.

A Oi confirmou a venda dos iPhones por R$ 2.000 para os de 16 GB, R$ 2.269 para os de 32 GB e R$ 2.700 para os de 64 GB, nos planos pós-pagos da empresa.

A versão atualizada do iPhone vem com processador e conexão à internet mais velozes, câmera de 8 MP e o Siri (sistema inteligente de interação via voz), que por enquanto ainda não existe em português.

A Claro e a Vivo ainda não estipularam valores para a venda do iPhone 4S.

A TIM confirmou que algumas lojas abrirão às 0h do dia 16, na madrugada da quinta para a sexta-feira, para que os mais entusiasmados possam adquirir seus aparelhos.

Por Manoel da Costa Junior


A linha de câmeras COOLPIX da Nikon é uma bela opção de presente para o Dia das Crianças, no próximo dia 12 de outubro. As câmeras S3100, S2500 e L23 são super fáceis de usar, possibilitam a produção de fotos de qualidade e apresentam muitas funções para atiçar a criatividade da garotada na hora de fazer suas fotos.

O modelo S3100 está disponível nas cores pink, amarela, vermelha, roxa, preta e prata. Ela possui diversos tipos de cena, como o modo animal de estimação, que é capaz de localizar e disparar a foto quando encontra a face do bichinho de estimação da criança. Também tem a opção de retoque rápido e autofoco; além de filtros de cor, foco, detecção de movimento, olhos vermelhos e outras mais. Sua definição é de 14 megapixels, com zoom ótico e monitor LCD de 2,7 polegadas. Seu preço sugerido é de R$ 449.

Já a S2500 tem definição de 12 megapixels, tela de 2,7 polegadas e vem nas cores preta e prata. A câmera possui diversas cenas diferentes; como: estabilização de imagem, retrato inteligente com modo sorriso e aviso de piscada; além de correção dos olhos vermelhos e cinco tipos de ajuste de brilho. O investimento é de R$ 349.

A COOLPIX L23 tem preço sugerido de R$ 249 e está disponível nas cores vermelha e preta. Ela possui sistema de retrato inteligente, aviso de piscada, correção de olhos vermelhos e também 17 modos de cena; como festa, paisagem e pôr do sol. Sua definição é de 10,1 megapixels com tela de 2,7 polegadas.

Para informações detalhadas sobre as câmeras e também sobre a empresa acesse www.nikon.com.br.

Por Danielle Vieira


A Nokia está em situação cada vez mais delicada no mercado de smartphones. A participação da companhia está caindo de maneira vertiginosa, o que deve obrigá-la a tomar algumas medidas. E elas já estão acontecendo. A empresa está promovendo um corte geral nos preços do smartphones. Modelos como o ótimo N8, que tem câmera de 12 MP, o C7 e o E6 (destinado ao ambiente corporativo) ganharão descontos em torno de 15%.

Outros aparelhos também terão preços reduzidos. A Nokia, no entanto, não confirmou os valores e percentagens, limitando-se a dizer, através de um porta-voz, que essas reduções são medidas comuns do negócio. Ou seja, a empresa não demonstra algum tipo de desespero em melhorar as vendas. O fato é que a companhia enfrenta a concorrência cada vez mais acirrada de empresas como Apple, Samsung e Motorola.

Segundo o Gartner, a Nokia perdeu participação no mercado no último ano, caindo de 39 para 25,5%. Além de medidas como redução de preços, a parceria com a Microsoft anunciada no início do ano terá papel crucial no processo de recuperação do espaço perdido. Ainda este ano espera-se o lançamento do primeiro smartphone Nokia com o sistema operacional Windows Phone.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Folha


Os aparelhos de celular Dual-Chip estão cada vez mais em alta no Brasil. E pensando nisso é que a LG lançou o seu novo celular GX500.

O celular, que tem um visual de smartphone, possui tela touchscreen de 3 polegadas e tem a facilidade de poder operar com dois chips ao mesmo tempo.

Um dos detalhes bacanas do aparelho é a possibilidade de acessar a internet via Wi-Fi.

Com relação a sua câmera, ela é de 3.2 MP (não é das mais potentes do mercado, porém quebra o galho). O ponto fraco na câmera é a falta de um flash.

O sistema operacional dele também é bastante simples simples e intuitivo.

O preço do aparelho é de aproximadamente R$750,00.


A TIM lançou novos planos para quem vive conectado com seu smartphone, minimodem ou tablet e busca mais velocidade. Os planos são sem limites de tráfego, porém se ultrapassar um certo valor a velocidade da conexão tende a ficar mais lenta.

Confira os novos planos da TIM:

TIM Liberty Web Smart – Voltado para smartphones, o valor mensal é de R$ 29,90 e será cobrado apenas nos meses em que a internet for utilizada. Neste plano a veloxidade máxima da conexão é de 1Mbps, podenco cair para 50Kbps se exceder 300 MB de tráfego por mês.

TIM Liberty Web Tablet – O plano custa R$ 49,90 mensal, com velocidade ilimitada, porém se ultrapassados 800MB ela pode cair para 100Kbps.

TIM Liberty Web Modem – Internet móvel para notebooks custa R$ 79,90 mensais mais o valor do minimodem, que custa R$ 96, com velocidade ilimitada. Neste caso se o usuário ultrapassar 2GB de dados a velocidade cai para 200 Kbps.

Para mais informações sobre estes e outros planos acesse www.tim.com.br.


Aparelhos celulares são muito mais do que um meio pelo qual as pessoas utilizam para se comunicar. Portar um equipamento com câmera integrada, tocador de músicas, aptidão para acessar a rede mundial de computadores e trocar informações entre outros móveis são basicamente os itens mais encontrados e procurados na atualidade.

Levantamento feito pela Acision em sociedade com a Teleco, então divulgado na terça-feira, 14 de dezembro, revela que se o serviço de música fosse mais barato aos consumidores, certamente as aquisições seriam mais amplas. Segundo dados da pesquisa, mensalmente são feitos quase quatro downloads, com média de custo de R$ 4,45 em cada.

Segundo o portal de Economia UOL, o segundo serviço mais acessado pelos celulares (o primeiro é música) é o de jogos, tanto que 37% de seus usuários admitem ter feito seu uso no último trimestre. Por mês, de acordo com a pesquisa, quase três jogos são baixados, com custo de R$ 4,98 por download.

Por Luiz Felipe T. Erdei


A operadora Claro montou um plano sob medida para o natal de seus clientes. O objetivo é bem este; dar um presentão.

São 1.200 minutos por mês para falar com qualquer número da operadora Claro, torpedo ilimitado para três números escolhidos anteriormente e acesso ilimitado a qualquer rede social.

No plano "sob medida" você pode levar um modelo Sony Ericsson Xperia X10 Mini Pro completamente grátis por R$ 146,00 por mês, incluindo todas as vantagens do plano e internet de 500 MB.

Aproveite o natal, aproveite a promoção e faça o seu plano sob medida.

Consulte esta e outras promoções no site da Claro.

Por Teresa Almeida


A operadora de telefonia VIVO está com uma promoção que é um verdadeiro presente de natal. Trata-se do plano "Smartphone 60" que dá ao usuário 60 minutos mais dois pacotes de serviços sem custo adicional mais internet sem excedentes. Ainda há a escolha de falar ilimitado com as pessoas da família por apenas R$19,90 por pessoa.

Os aparelhos da LG dentro do plano saem com preço especial:

LG Optimus GT540 com Android 3G sai por R$123,00 por mês;

LG Optimus One com Android 2.2 R$128,00 por mês;

LG Wink Style T310 com acesso às redes sociais por R$88,00;

LG Cookie Plus GS290 com acesso a e-mails

Saiba mais no site da VIVO.

Por Teresa Almeida


Os tradicionais presentes de Natal, tais como brinquedos, roupas e acessórios, perfumes, joias, entre outros, dão cada vez mais vazão para produtos diferenciados e em conformidade com as atualizações tecnológicas. Notebooks, netbooks, computadores pessoais, além de discos blu-rays, são a nova tendência não somente no Brasil, mas também no mundo.

Conferir ao próximo aparelho celular é quase sempre boa pedida, pois além de realizarem ligações – aliás, esse é o desígnio capital –, possibilitam e oferecem acesso a TV digital, tocador de música MP3, visualizador de documentos e troca de arquivos entre outros telefones móveis.

A Nokia dispõe aos brasileiros inúmeros Combos para fins diferenciados ao “25 de dezembro”. O pacote futebol, por exemplo, compreende câmera de 12 megapixels e receptor de TV digital. Alguns aplicativos oferecidos vêm instalados de fábrica, principalmente relacionados ao esporte. Para adquiri-lo o consumidor precisa dispensar aproximadamente R$ 1.599.

O “Combo Navegação” é ideal para pessoas que transitam pelas ruas e não querem, necessariamente, adquirir um GPS isolado, pois há recursos, tais como o Ovi Mapas, que permitem a visualização de vários pontos da cidade. O preço médio sugerido para este é R$ 1.299.

Outra opção é voltada especialmente aos amantes da música – Combo Música. Com este o consumidor granjeia, além do aparelho Nokia X6, caixa de som portátil, software para identificar músicas e, também, seis meses de licença para baixar mais de sete milhões de canções (disponíveis na Ovi Música). Preço sugestionado: R$ 1.039.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Tudo Celular


A Apple já vendeu aproximadamente 3 milhões de iPads. E o iPhone 4 atingiu a marca de 1 milhão e meio de unidades vendidas em cerca de dois dias, mais ou menos. São números fantásticos e a empresa comemora.

Na outra ponta dessa gangorra está a Microsoft e seus celulares Kin One e Kin Two. Embora nada seja confirmado, há quem diga que os aparelhos venderam mais ou menos umas 500 unidades. Diante disso, a operadora responsável pelos celulares, nos Estados Unidos, a Verizon, parece que resolveu fazer uma liquidação e cortou os preços.

Para se ter uma ideia do que está acontecendo, o Kin On passou a ser vendido a 29 dólares, quase a metade do valor anterior. Já o Kin Two teve seu preço reduzido de 99 para 49 dólares.

Seria esse um indício de que a Microsoft pisou na bola ao tentar enfrentar a Apple em seu terreno? Não podemos esquecer que o Google também não obteve êxito com o seu Nexus One.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Tecnoblog


A Motorola investiu no conceito que pode oferecer um aparelho bonito, moderno e simples por preços pequenos. Este é o caso do Motorola W403.

É um aparelho Dual-Band e ainda oferece itens que mostram a tecnologia de ponta usada na sua concepção, como o Crystal Talk, sistema exclusivo da Motorola que garante qualidade de áudio única nas conversas, mesmo em ambientes externos e com ruídos.

Ainda possui toques MP3, Bluetooth 1.2, tocador de MP3, conversor de moedas, Câmera fotográfica digital integrada VGA e ainda suporta cartão de memória de até 2 GB.

Custa apenas R$ 179,00 e ainda é possível parcelar em até 10 vezes de R$ 17,90 (valor somente para compra pelo site da Vivo).

Conheça mais o aparelho direto no site da Vivo (www.vivo.com.br).

Por José Alberi Fortes Junior.


Atualmente é muito fácil e barato adquirir um telefone celular. Existem lojas especializadas espalhadas em toda parte e os valores são os mais variados, coisa que não acontecia há algum tempo.

Essa nova geração tem o aparelho celular como um acessório e não como algo fundamental para a comunicação. Até mesmo através do acesso à internet é possível analisar, escolher e ate comprar um aparelho. As formas de pagamento são diversas facilitando cada vez mais o acesso aos aparelhos celulares.

Sem sair de casa qualquer pessoa consegue adquirir um aparelho e efetua o pagamento sem sair da frente do computador, para quem gosta de ver o aparelho mais de perto as lojas estão cada vez mais próximas.

Com tantas facilidades basta escolher a operadora, o plano e adquirir. Só não tem um celular quem não quer!

Por José Alberi Fortes Junior.


Para quem não perde nenhuma promoção de créditos, e possui dois telefones de operadoras diferentes não, a solução ideal é ter um celular com a capacidade para uso de 2 chips simultâneos, onde é possível atender e fazer ligações com a opção de qual chip utilizar.

Antes celulares com esta característica eram caros e, em muitos casos, não eram muito confiáveis, pois dependiam muito da capacidade de ajustar à freqüência da operadora. Hoje podemos encontrar no mercado, com marcas “genéricas” celulares a partir de R$ 179,00.

As marcas genéricas podem suprir as necessidades, mas o comprador deve ter a consciência de que não são homologados pelas operadoras de telefonia e que, por isso, não precisam garantir todos os serviços disponíveis para celulares testados e homologados.

Por José Alberi Fortes Junior.





CONTINUE NAVEGANDO: