Novos Samsung Galaxy S10, S10 Plus e S10e 2019




Conheça aqui mais detalhes sobre os novos smartphones 2019 da Samsung.

Há muitos anos, o mercado de celulares busca alcançar e superar o iPhone em diversos quesitos. Temporadas após temporadas e a evolução tecnológica parece proporcionar uma corrida armamentista na disputa pelo trono de melhor aparelho do ano. E parece que o “detonador de iPhones” chegou mais cedo do que pensávamos.

É que no dia 20 de fevereiro, a Samsung apresentou as suas novidades para a linha S, tradicional por suas configurações de gama alta, se tornando uma referência no mundo Android. Neste ano são três variantes com novidades que empolgaram o público em geral.


Das três, a que mais impressiona é o Galaxy S10 Plus, que apresenta tudo o que a Samsung pode oferecer ao consumidor. Apesar das três variantes apresentarem mais semelhanças do que diferenças, são nas mínimas configurações que a versão Plus se sobressai.

Confira o que cada um oferece abaixo

Galaxy S10E

Começamos pela versão mais simples, com o prefixo E no final. Segundo a Samsung, a letra significa "essencial". É o que a sul-coreana acredita que é essencial, sem fugir de uma configuração que quer se sobressair das demais.


A tela segue o padrão de seus irmãos mais "sofisticados", com um pequeno lugar abrigando a câmera. O resto do aparelho é display, com aproveitamento quase total. São 6GB ou 8GB de memória RAM, acompanhado do armazenamento de 128GB ou 512GB dependendo da variante. Pelo desempenho pouco muda já que o processador embarcado neste é o mesmo do S10 e S10 Plus: Exynos 9820 no modelo global (versão que deve chegar ao Brasil) e Snapdragon 855 em alguns mercados selecionados.

Na traseira foram equipados dois sensores e na parte da frente apenas um sensor. Ambos possuem a possibilidade de gravação em resolução 4K, com possibilidade de efeitos de profundidade. Na parte lateral, em seu botão de liga/desliga, um sensor de digitais completa o pacote.

O que mais impressiona por aqui é que ele não aparenta ser uma versão mais simples, porém, algo que quem não gosta de telas pequenas ou que não quer gastar muito poderá optar.

Galaxy S10

O Galaxy S10 traz alguns elementos da versão E e também da Plus. O aproveitamento da tela salta aos olhos com a parte frontal recebendo poucas bordas, muita tela e um pequeno espaço para o sensor da câmera (apenas uma lente). A lateral é levemente curvada, remetendo ao modo Edge, seguindo a tradição das edições anteriores.

A tela também recebeu tratamento especial, já que ela aproveita as novas tecnologias da Samsung. Um ponto bastante positivo é a inserção do sensor de digitais por baixo da tela, uma inovação vista de forma tímida em alguns celulares chineses, mas que agora chega as grandes massas. Segundo a Samsung, o que diferencia seu sensor dos demais é que este tira uma foto 3D da digital, aproveitando-se do recurso ultra sônico.

A variante disponível para o usuário será a de 8GB de RAM, sendo que o processador é o mesmo do modelo Exynos 9820 (no modelo global, versão que deve chegar ao Brasil) e Snapdragon 855 (em alguns mercados selecionados). O armazenamento interno será de 128 GB e 512 GB. O conjunto de câmeras neste modelo mostra uma diferença da versão citada anteriormente. Por aqui são três sensores na parte traseira e um na parte frontal.

S10 Plus

O modelo Plus da família S10 traz aquilo que a Samsung acredita ser o máximo de desempenho.

Serão duas opções: 8GB ou 12GB de memória RAM, com armazenamento de 128 GB, 512 GB ou 1TB (1000 GB), sendo o mesmo processador dos outros aparelhos (Exynos 9820 no modelo global, versão que deve chegar ao Brasil) e Snapdragon 855 (em alguns mercados selecionados).

Na parte de câmeras, três sensores na parte traseira e dois na frontal completam o produto. Futuramente, uma versão 5G deverá desembarcar.

Preços e disponibilidade

No mercado internacional os modelos já entraram em pré-venda. O S10E chega por preços de 750 dólares e 850 dólares. O S10 por valores de 900 dólares e 1.150 dólares. E o modelo Plus em 1.000 dólares, 1.250 dólares e 1.600 dólares.

No Brasil a data ainda não foi divulgada, mas acredita-se que os modelos chegam em março. Ainda não se sabe sobre valores que serão praticados.

Por Leandrinho de Souza

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *