Xiaomi MIUI 12 será distribuída em junho de 2020



A fabricante chinesa Xiaomi, que produz os aparelhos com o sistema operacional Android, revelou nesta semana, a data de disponibilidade da nova versão de seu software, embarcado nos dispositivos móveis as quais ela fabrica. A instalação poderá acontecer a partir do dia 19 de maio, em todo o mundo.

A décima segunda versão da MUIU foi apresentada no dia 27 de abril, em apresentação afetada pelo novo coronavírus. O principal destaque é a chegada de um modo noturno, podendo escurecer o papel de parede de forma automática. São novas animações espalhadas por todo o sistema operacional, uma clara forma de aproximar ainda mais o sistema Ios, ao qual a chinesa usa de referência, daquilo que já foi projetado.



O visual adotado por aqui remete a tons mais minimalistas, adotando uma linha mais sóbria, em comparação com as versões antigas.

De toda forma, outro ponto que chamou a atenção na apresentação, é a disponibilidade de navegação via gestos já presente no Android 10 de forma pura e agora trazida para a interface, modificada pela Xiaomi. Este recurso deve beneficiar de um modo geral aqueles que não possuem botões, se adaptando ainda mais ao mundo com bordas cada vez mais finam e telas cada vez maiores.



A Xiaomi não pensou apenas no visual e deve trazer aos seus usuários uma melhorada inteligência artificial para chamadas via celular, com a possibilidade de transcrição das mesmas. Algo foi apresentado pela Apple há algum tempo, mas na prática ainda não tem uso efetivo para a grande maioria dos utilizadores do iPhone, por exemplo. As estimativas é que o modo de gestos ultrapasse as 1.000 novas possibilidades.

Outra boa novidade vem no recurso Always-On aprimorada, ao quais modelos com tela Amoled devem se beneficiar dessa novidade, com personalizações e animações disponíveis para todos os utilizadores. O MUIU 12 foca também na privacidade, com maior poder de escolha das permissões por parte de quem está utilizando o celular. Outra boa novidade condiz com a galeria de fotos do usuário, já que, a partir desta versão, estarão ocultos os detalhes do dispositivo de fotos compartilhadas, concentrando em outros pontos no sistema que tragam privacidade e segurança.

Recursos já disponíveis na versão beta

Para os utilizadores que gostariam de testar as novidades, uma versão beta foi disponibilizada e trouxe algumas das novidades que estarão na versão final, cada vez mais próxima. A MUIU câmera, aplicativo que gerencia as câmeras dos aparelhos, tem dois modos para se usar: o primeiro chamado de “More Tab”, onde poucas opções são apresentadas, destacando o botão para registro da fotografia, ou para inicio da gravação de vídeo, focando nos usuários mais básicos, que querem registrar um momento com as opções padrões. O modo mais simples requer que, para que outros modos de foto sejam escolhidos, o utilizador possa mover de um lado para outro, em uma navegação conhecida como guias.

Já o modo “More Painel” traz um modo mais avançado para os usuários, apresentando os vários modos de foto e vídeo, ideal para quem gosta de registrar um momento mais personalizado, controlando para si as configurações de câmera. Este se beneficia dos novos gestos, trazidos pela Xiaomi da versão pura, já encontrado em outros aparelhos que não recebem modificações, como aqueles da Motorola.

Quais aparelhos serão compatíveis?

A Xiaomi liberou uma lista, com os aparelhos contemplados pela atualização. O total dos aparelhos aos quais estarão com a novidade ultrapassam os 42 dispositivos. Confira todos eles aqui: Xiaomi Mi 8, 9 e 10 e suas variantes, Mi Note 10, Mi CC9 e superiores, Mi Mix Alpha e superiores, Poco Phone F1 e superiores, Redmi K20 e k30 e superiores, Redmi Note 7 e superiores, Redmi Note 4 e superiores, Mi 5X e Mi Play.

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *