Smartphone básico é destinado a pessoas que querem acessar redes sociais, Whatsapp e outros aplicativos.

Uma das vantagens do Android é a sua possibilidade de rodar em infinitos aparelhos de diversas configurações. Tanto é que existe até o robozinho portado para os computadores através da versão x86 feita por desenvolvedores. Nos Estados Unidos, por exemplo, a LG está vendendo um smartphone por 40 reais.

O aparelho em si tem um foco bastante específico: pessoas que querem um celular inteligente sem recursos como um processador octacore ou câmeras super potentes, ou seja, um dispositivo bastante interessante para quem nunca possuiu um smartphone ou quem não quer gastar muito dinheiro. A ideia vem de encontro a pessoas que querem interagir com aplicativos como Facebook, Whatsapp e os quase 1 milhão de apps que estão à disposição na Google Play.

O LG L15G, como é chamado vem de fábrica com o Android 4.4 Kitkat voltado especificamente a aparelhos de baixo desempenho aliado a 512 MB de memória RAM, 4GB de armazenamento, Tela TFT de 3,8 polegadas e processador dual core de 1.2 Ghz. Conta também com expansão via cartões microSD para armazenamento de fotos, músicas e vídeos. A Câmera é de 3 MP e fica apenas na parte de trás, sem câmeras frontais. A LG também decidiu embarcar nele sua interface típica nos smartphones de maior custo. O modelo não conta com os botões na parte traseira, sendo utilizado na parte de baixo. Pelas imagens, percebe-se que ele suporta apenas um chip SIM card.

Uma curiosidade de mercado: mesmo parecendo ser destinado a mercados emergentes, neste momento ele está sendo vendido apenas nos Estados Unidos pelo valor de $9.82 na loja online Walmart. A LG não se pronunciou se ele chega ao Brasil, mas demonstra que se fosse lançado por aqui seria uma revolução no custo-benefício. Se o usuário optar por importar, com as taxas impostas pagaria muito menos do que os aparelhos mais baratos no seguimento low-end.

Por Leandro de Souza

LG L15G

Foto: Divulgação


Xiaomi Redmi 2 Pro está sendo vendido no Brasil por R$ 599. Compras devem ser realizadas diretamente pelo site oficial da empresa.

A Xiaomi, empresa chinesa fabricante de eletrônicos, está trazendo ao mercado tecnológico brasileiro o Redmi 2 Pro. A versão Pro é bem mais potente do que o seu antecessor.

O smartphone foi lançado no Brasil inicialmente por um preço de R$ 799 ou por um preço à vista de R$ 729. Porém, depois de analisar o mercado, a Xiaomi resolveu colocá-lo à venda desta vez por um preço bem mais em conta. Se o consumidor quiser comprar à vista, por exemplo, ou ainda no boleto bancário, irá ser contemplado com um desconto de R$ 200. Neste caso, o aparelho sai por um preço de R$ 599. São R$ 100 mais caro que o modelo Redmi 2, o qual era vendido antes por um preço médio de R$ 499.

Com relação ao aparelho, podemos considerá-lo como um bom custo beneficio, já que suas especificações técnicas são bem diversificadas, fora o design que é semelhante ao seu antecessor. O hardware do smartphone foge de alguns aspectos parecidos com os demais. Por enquanto, ele vem com capacidade de armazenamento interno de até 16 GB, com uma memória RAM na média de 2 GB.

Um grande diferencial é que o Redmi 2 Pro vem com uma tela IPS de 4.7 polegadas, sendo ela de uma resolução HD 720p, com uma câmera frontal de 8 Megapixels e outra traseira de 2 megapixels. Sua capacidade de conexão é de 4G, possui também capacidade para dois chips simultâneos e processadores da marca Snapdragon 410 de nada menos que 64bits.

Quem se interessar em comprar o aparelho pode acessar o site oficial da empresa Xiaomi no Brasil.

O aparelho estará disponível pelo preço de R$ 599 somente até o dia 27 de outubro, ou enquanto ainda houver estoque. Lembrando que este preço é só para quem comprar diretamente no site oficial da Xiaomi. O

 aparelho está disponível apenas na cor cinza (ou Dark Grey).

Uma boa notícia, é que a Xiaomi também baixou o preço de alguns acessórios, como fones de ouvido, capas de celular e cases.

Para conferir a lista completa dos preços de cada item e até ver o Redmi 2 Pro, acesse agora a página oficial da Xiaomi Brasil pelo link: br.mi.com.

Por Daniela Almeida da Silva

Xiaomi Redmi 2 Pro

Foto: Divulgação


Site Submarino deixou escapar o provável preço pelo qual o novo modelo da Xiaomi será vendido no Brasil: R$ 354,27.

Apesar da estreia oficial da Xiaomi no mercado brasileiro estar prevista para ocorrer somente no dia 30 deste mês de junho, o site de vendas online Submarino acabou deixando escapulir antecipadamente o valor de comercialização de um dos produtos que a Xiaomi irá comercializar aqui no país.

Este produto foi um smartphone que virá equipado com uma tela de 4,7 polegadas, uma resolução de 720, processador do modelo Snapdragon 410 e memória RAM de 1 GB. Pelo que pode ser visualizado antecipadamente nesse site de vendas o valor de comércio dessa novidade da Xiaomi aqui no Brasil será de R$ 354,27.

O sistema operacional que será utilizado neste produto será o Android 4.4 (KitKat), sendo que o armazenamento interno deste aparelho será de 8 GB, mas poderá ser expandido de uma expansão feita por meio de cartões micros, além disso este aparelho terá a tecnologia dual-Sim.

Diante dessas características mencionadas acima fica claro que este aparelho não será um modelo topo de linha, contudo ele deve ter um número considerável de compradores, principalmente, devido ao seu valor que realmente é bastante atrativo para um smartphone.

Após esta precipitação feita pelo site de vendas Submarino e também por saber que esta divulgação precoce dos valores pode acabar influenciando nos planos da Xiaomi, imediatamente, assim que detectou o equívoco, o site retirou o link de vendas deste aparelho do ar, no entanto, algumas pessoas que foram bem ágeis conseguiram efetuar a reserva do produto.

O certo é que mesmo que este smartphone da Xiaomi acabe tendo alguma alteração no seu valor, ele será evidentemente um concorrente, até o final deste ano, bastante perigoso para alguns modelos que já estão sendo bem aceito, tais como, o Moto E e o Zenfone 5.

Para tentar diminuir os reflexos desse desencontro de informações a Xiaomi já divulgou uma nota oficial a respeito desse assunto no Facebook, a qual fez a afirmação de que a comercialização dos seus produtos aqui no Brasil só será realizada a partir do seu site oficial que é o www.mibrasilchegou.com.br, onde os clientes já podem se se inscrever para participar do pré-lançamento, contudo a empresa divulgou que todos os produtos e os seus valores de comércio só serão divulgados oficialmente no dia 30 de junho, data em que ocorrerá o evento de lançamento oficial.

Por Adriano Oliveira

Xiaomi Redmi 2

Xiaomi Redmi 2

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: